Torcedores paraguaios são maioria na segunda partida do Brasil na Copa América e homenageiam a musa

Torcedores paraguaios são maioria nos arredores do estádio Mário Kempes
Marcel Rizzo
Torcedores paraguaios são maioria nos arredores do estádio Mário Kempes
“Y ya lo ve, y ya lo ve, somos locales otra vez” cantam os paraguaios na entrada do estádio Mário Alberto Kempes, em Córdoba (750 km de Buenos Aires), antes da partida Brasil x Paraguai , que começa 16h, pela segunda rodada do Grupo B da Copa América. A música (E já se vê, e já se vê, somos locais outra vez) é bem apropriada, já que os paraguaios serão maioria nas arquibancadas - a estimava é que 70% do estádio seja preenchido por torcedores rivais dos brasileiros.

“Estamos passeando pela Argentina e vendo a Copa América. Já estivemos em Santa Fé (a 300 km de Córdoba, na partida Paraguai 0 x 0 Equador) e agora aqui. Nós paraguaios temos muito dinheiro, por isso essa multidão aqui”, brincou Carlos Paez, que estava acompanhado de quatro amigos.

Apesar de muitos paraguaios viverem na Argentina, todos os torcedores abordados pelo iG viajaram para acompanhar a seleção. Empolgação também pela ótima campanha na última Copa do Mundo, quando o Paraguai chegou às quartas de final e perdeu para a campeão Espanha por apenas 1 a 0.

“Somos amigos dos brasileiros, queremos ser filmados pela TV, mas hoje o Paraguai ganha. Vamos ser campeões dessa Copa América”, disse José Siniche. O Paraguai só venceu uma vez a competição, em 1953.
Torcedores adotaram uma camiseta alusiva à musa Larissa Riquelme e seu hábito de guardar o celular no decote
Marcel Rizzo
Torcedores adotaram uma camiseta alusiva à musa Larissa Riquelme e seu hábito de guardar o celular no decote

Ele vestia uma camisa interessante e que homenageava a musa paraguaia Larissa Riquelme, modelo que ficou famosa na Copa do Mundo de 2010 por ver os jogos da seleção com um celular entre os seios – para fazer propaganda para uma operadora.

“Amamos a Larissa, amamos o Paraguai e amamos tudo”, dizia Siniche. Larissa Riquelme é espera no estádio para ver a partida. Ela já esteve no primeiro jogo de seu país, no domingo passado, e está na Argentina patrocinada por outra empresa de telefonia. Neste sábado provavelmente veremos novamente o celular de Riquelme...

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.