Caso os dois sejam convocados para os sete jogos da seleção nesta temporada, Santos terá problemas

O técnico Muricy Ramalho terá mais motivos para ficar irritado com as convocações da seleção brasileira . Isso porque, caso Neymar e Ganso sejam convocados para todos do Brasil até o fim desta temporada, eles podem desfalcar o Santos em cinco rodadas do Campeonato Brasileiro.

No calendário de jogos da seleção, apenas a reedição da antiga Copa Rocca não atrapalhará a equipe santista na competição. A seleção enfrentará a Argentina, nos dias 14 e 28 de setembro. Como Santos jogará apenas contra o Cruzeiro, no dia 11, e Figueirense, no dia 25, nenhuma dessas datas coincide com os jogos da seleção contra os argentinos.

Entretanto, os outros cinco jogos da seleção brasileira podem prejudicar o time da Vila Belmiro na competição. O primeiro problema deve acontecer no dia 6 de setembro, quando o Brasil enfrenta o Egito. Isso porque, o Santos joga contra o Avaí no dia seguinte, na Ressacada.

Siga o Twitter do iG Santos e receba as notícias do time em tempo real

No restante dos jogos da seleção na temporada, o Santos poderá perder Neymar e Ganso em todos. O time de Mano Menezes joga contra a Costa Rica, no dia 7 de outubro, México, 11 de outubro, Gabão, 11 de novembro, e Suíça ou Inglaterra, no dia 15 de novembro.

Nesse período, a equipe santista enfrentará o Palmeiras e Atlético-MG, nos dias 8 e 12 de outubro, respectivamente. Já em novembro, o Santos terá o Ceará, em Fortaleza, no dia 12, e Atlético-GO, no dia 16, na Vila Belmiro.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e convide seus amigos

O técnico Muricy Ramalho já está preocupado com a situação, e volta a fazer um novo apelo para a CBF liberar os dois jogadores.

"É um problema que a diretoria precisa resolver, mas acho que é preciso ter bom senso. A CBF também precisa entender o momento dos clubes. O Santos precisa dos seus jogadores aqui. Serão muitos amistosos da seleção, nem todos em datas Fifa. Sabemos que o momento da seleção é complicado, porém, é preciso bom senso", disse o treinador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.