Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Seleção brasileira faz 2 a 0 na Colômbia e se isola na liderança

No Sul-Americano sub 20, Casemiro abriu placar no início e Diego Maurício, seu substituto, definiu no fim

Gazeta |

A seleção brasileira caminha a passos largos no hexagonal final do Sul-americano sub 20. Depois de golear o Chile, a equipe nacional derrotou a Colômbia por 2 a 0, na noite desta quinta-feira (horário de Arequipa), se manteve invicta depois de seis partidas e se isolou na ponta da classificação, agora com seis pontos ganhos.

O primeiro gol saiu rapidamente, com dois minutos. Após cobrança curta de escanteio para Alex Sandro pelo lado esquerdo, o lateral cruzou para o meio da área e encontrou Casemiro, que marcou de cabeça. O segundo saiu aos 43 minutos do segundo tempo, em forte chute de Diego Maurício.

A próxima partida dos comandados do técnico Ney Franco será o tão aguardo clássico contra a Argentina, que avançou ao hexagonal como líder de sua chave, assim como o Brasil. O duelo, válido pela terceira rodada, está marcado para as 23h10 (de Brasília) deste domingo.

Uma vitória sobre os rivais deixaria a seleção brasileira bem próxima da classificação para os Jogos Olímpicos de 2012, em Londres - o torneio concede vaga ao campeão e ao vice-campeão, além de garantir os quatro primeiros no Mundial da categoria, que será na Colômbia.

O jogo
O triunfo desta quarta-feira começou a ser construído logo no início do jogo, com gol de Casemiro, aos dois minutos do primeiro tempo. Sem levar sustos na defesa, o Brasil voltou a assustar aos 23: Oscar chutou da meia direita e viu o goleiro se esticar e mandar para escanteio.

Ganhando o jogo, Ney Franco foi obrigado a mexer na equipe devido a um mal-estar de Casemiro, que deixou o gramado para a entrada de Diego Maurício. Logo após a alteração, a Colômbia assustou o goleiro Gabriel em chute de fora da área que passou rente à trave.

No retorno do intervalo, Mosquera salvou a Colômbia de ser derrotada por um placar mais elástico. Aos 16 minutos, ele espalmou uma bola chutada por Neymar no canto direito. Três minutos depois, deixou a área para sair nos pés de Diego Maurício e impedir o segundo gol.

Mas a principal intervenção do arqueiro colombiano ocorreu aos 25 minutos. Neymar recebeu passe de Oscar no bico esquerdo da área, driblou o marcador e chutou cruzado. Mosquera fez um leve desvio e ainda contou com ajuda trave esquerda para não ser vazado.

A Colômbia até ensaiou uma pressão para o empate, mas não mostrou eficiência. O Brasil então aproveitou para sacramentar o resultado positivo, aos 43 minutos do segundo tempo. Diego Maurício recebeu na entrada da área e fuzilou, desta vez sem chance para Mosquera.


FICHA TÉCNICA - BRASIL 2 x 0 COLÔMBIA

Data e horário: 4 de fevereiro de 2011 - 00h10
Local: estádio Monumental UNSA, em Arequipa (Peru)
Árbitro: Raul Orosco
Auxiliares: Efrain Castro e Francisco Mondria
Cartões amarelos: Casemiro (BRA) e Díaz (COL)
Cartão vermelho: Não houve

Gols: Casemiro, aos 2 minutos do 1º tempo, e Diego Maurício, aos 43 do 2º, para o Brasil.

BRASIL: Gabriel; Danilo, Bruno Uvini, Juan e Alex Sandro; Fernando, Casemiro (Diego Maurício), Zé Eduardo (Willian José) e Lucas; Oscar e Neymar (Henrique). Técnico: Ney Franco

COLÔMBIA: Mosquera; Arias, Franco, Saiz e Viáfara; Díaz, Miguel Julio (Cardona), Cuéllar e Calle (Mendoza); Ortega (Castillo) e Escobar. Técnico: Eduardo Lara

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG