Marquinhos pegou 5 jogos, enquanto que Herrera, Abreu, Bruno e Rafael Coelho, 4. Punição vale no Brasileiro

AE
Jogo da Copa do Brasil terminou em pancadaria
Os protagonistas da confusão generalizada envolvendo jogadores de Avaí e Botafogo, na Ressacada, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, foram julgados nesta segunda-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Três jogadores de cada clube e o técnico Caio Júnior, do time carioca, foram suspensos e cumprirão a pena no Campeonato Brasileiro deste ano.

Pelo lado do Botafogo , foram punidos Herrera, Loco Abreu e Éverton. Os dois argentinos ficarão fora de quatro partidas, enquanto o brasileiro será desfalque por um jogo, assim como Caio Júnior. Arévalo Rios foi absolvido.

Pelo lado do Avaí , os punidos foram Marquinhos, Bruno e Rafael Coelho. O primeiro, que deu início à briga ao provocar Loco Abreu, ficará fora por cinco partidas. Os outros dois levaram quatro jogos de suspensão.

Os dois clubes ainda podem recorrer das decisões antes da rodada inaugural da competição nacional, no fim de semana de 21 e 22 de maio.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.