Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Segurança em Ibagué é reforçada, mas jogo não deve ter casa cheia

Apesar do clima de decisão, a procura por ingressos para Tolima x Corinthians antes da partida era baixa

Bruno Winckler, enviado iG a Ibagué |

Pouco mais de duas horas antes de Corinthians e Tolima as dependências do estádio Manuel Murillo Toro ainda não estão tomadas por torcedores, mas a segurança está bastante reforçada. Primeiro, para entrar no estádio, é necessário passar por soldados do exército colombiano. Depois, dentro do estádio, outra revista é feita por policiais locais. Mais de 500 pessoas foram deslocadas para trabalhar na partida, que foi apontada pelo chefe de segurança do Corinthians, Waldir Dutra, como de alto risco.

Apesar do grande apelo da partida, a procura por ingressos está baixa. Cambistas que circulam pela região do estádio se dizem decepcionados. Um deles comprou 100 bilhetes e até agora diz ter conseguido vender apenas 10. Foram colocados a venda 26 mil ingressos. A capacidade do estádio é de 32 mil lugares, mas há um anel, atrás de um dos gols, fechado para reformas. O ingresso mais barato para o jogo custa R$ 15 e o mais R$ 90. Em média, para partidas do campeonato local, os ingressos saem por R$ 5.

Bruno Winckler
Estádio de Ibagué estava vazio pouco mais de duas horas antes de começar a partida

A expectativa é de que cerca de 200 torcedores corintianos estejam em Ibagué para assistir à partida. A delegação do Corinthians já está nos vestiários do estádio, que ao contrário da maior parte do estádio está em boa condições. Para avançar à fase de grupos, o Corinthians vencer ou empatar com gols por conta do resultado de 0 a 0 do primeiro jogo.
 

Leia tudo sobre: CorinthiansCopa Libertadores 2011Tolima

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG