Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Segundo Carpegiani, Guiñazu não está na mira do São Paulo

Treinador do São Paulo vê contrato do volante com o Internacional como fator impeditivo para uma possível contratação

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Ainda na reta final do Campeonato Brasileiro, o São Paulo vem desconversando toda vez que o assunto é o planejamento para a temporada 2011, especialmente quando são citados posições carentes do time ou nomes de jogadores que interessariam ao clube. Nesta terça-feira, foi a vez de o técnico Paulo César Carpegiani descartar a chegada do volante Guiñazu, do Internacional.

É um bom jogador, mas não tenho que estar preocupado com isso. Me parece que ele tem três ou quatro anos de contrato com o Inter. É um jogador que interessa a qualquer clube, mas nesse momento a meta do São Paulo não é essa, porque tem contrato, precisa do Inter liberar, é muito difícil, afirmou o treinador são-paulino.

O próprio São Paulo já tentou contratar Guiñazu em outras oportunidades, considerando a possibilidade de trazer o jogador após o final de seu vínculo com o clube gaúcho, que estaria próximo do final. Um acordo entre o jogador e o Inter, no entanto, prevê a permanência até 2014, e só não aparece nos registros da CBF por questões ligadas ao visto de trabalho do atleta, que precisa ser renovado a cada dois anos.

Carpegiani também falou sobre a possível dificuldade que o São Paulo encontraria caso seja confirmada a participação do time na Copa do Brasil do ano que vem, e não na Copa Libertadores, como aconteceu nas últimas sete temporadas. O treinador não acredita que isso aconteceria.

O São Paulo é um clube onde qualquer jogador queria estar. O Milton [Cruz, auxiliar técnico] é reponsável por isso e recebe contato de muito jogador querendo jogar aqui. Mas aqui só vai vir se for para jogar. Para compôr elenco vão vir atletas das categorias de base. É um time que é exceção no futebol brasileiro, todo mundo quer jogar aqui independente de estar na Libertadores ou não, disse.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolsão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG