Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Se prêmio não fosse unificado, Sneijder levaria o Bola de Ouro

Holandês obteve 7,70% dos votos dos jornalistas. Messi ficaria em quarto lugar

iG São Paulo |

Caso os prêmios de melhor jogador da Fifa e o Bola de Ouro da revista France Football não tivessem sido unificados, Sneijder levaria o segundo troféu. O holandês foi o que recebeu mais votos dos 154 jornalistas escolhidos pela publicação francesa, com 7,7% da preferência. Vencedor da noite desta segunda-feira, na Suíça, Lionel Messi teve apenas 4,38% dos votos da imprensa.

AFP
Messi e Sneijder durante a premiação da Fifa e da France Football
A partir da edição de 2010, os dois prêmios foram fundidos em apenas um troféu, que o argentino acabou recebendo. O atacante do Barcelona foi o preferido dos técnicos, com 9,72% dos votos, e dos capitães das seleções, com 8,55%. O resultado final da eleição foi obtido através da soma dos votos de jogadores, treinadores e jornalista. Messi ficou com 22,65% na média acumulada.

O premiação da Fifa existe desde 1991. Antes da unificação, apenas técnicos e capitães das 208 seleções filiadas à entidade tinham direito a voto.

Já o troféu Bola de Ouro foi entregue pela primeira vez em 1956. Até 1994, a premiação francesa era concedida ao melhor jogador europeu que atuasse em um campeonato no continente. Entre 1995 e 2006, os candidatos não precisavam mais ter nascido na Europa, porém deviam jogar lá. A partir de 2007, a distinção de nacionalidade e clube foi extinta.
 

Leia tudo sobre: Sneijderfutebol mundialFifaHolandaBola de Ouro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG