Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Schalke vira sobre o Valencia e passa às quartas da Liga

Equipe espanhola saiu na frente, mas o time alemão virou o marcador e se classificou. Peruano Farfán marcou duas vezes

Gazeta |

O Schalke 04 não decepcionou sua torcida e conseguiu passar de fase na Liga dos Campeões da Europa. A equipe virou sobre o Valencia e venceu por 3 a 1, gols de Farfán (2) e Gavranovic para os alemães, e de Ricardo Costa para os espanhois. 

Depois de sair perdendo logo aos 16 minutos, a equipe de Gelsenkirchen conseguiu se acalmar e empatou ainda no primeiro tempo, tendo forças para virar logo após o intervalo e garantir a classificação para as oitavas de final do torneio. O terceiro gol alemão saiu apenas nos acréscimos.

O jogo
O Valencia começou melhor, atacando mais. Em um dos lances, a torcida chegou a reclamar de um possível pênalti, pois a bola bateu em Metzelder e poderia ter tocado em sua mão, mas o árbitro não deu nada. No contragolpe, o Schalke chegou pela esquerda e, depois do cruzamento, foi a vez dos alemães pedirem pênalti, também não marcado. Os dois goleiros também foram exigidos nos primeiros minutos, mas demonstraram segurança.

AFP
Farfán abraça o brasileiro Edu, que ficou na reserva, após marcar o 1º gol do Schalke
Aos 16 minutos, o Valencia abriu o placar. Depois de grande jogada pela esquerda de Hernandez, que entortou o zagueiro, indo de um lado para o outro, antes de fazer o cruzamento para a área. A bola foi muito forte e o zagueiro Ricardo Costa nem precisou se mexer para tocar a cabeça na bola, para o fundo do gol.

Aos 20, os espanhóis tiveram grande chance para ampliar. O atacante Aduriz recebeu belo passe no meio da área e teve boa oportunidade, mas a batida foi defendida pelo goleiro Neuer.

Perdendo, os alemães passaram a atacar mais, principalmente visando dar a bola a Raúl, carrasco histórico do Valencia. Farfán também tentava algumas jogadas, mas sem obter sucesso

Aproveitando do desespero e despreparo do rival, o Valencia passou a apostar em contragolpes e passou a jogar com tranquilidade. Em um dos lances, uma jogada muito parecida com a do gol, mas a finalização de Mata foi pela linha de fundo.

Aos 39 minutos, porém, o Schalke conseguiu o empate. O atacante Farfán cobrou falta frontal ao gol com perfeição. Com efeito, a bola foi no ângulo do goleiro Guaita, que ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar o golaço do peruano.

A virada veio logo no início do segundo tempo. Aos seis minutos, os alemães conseguiram recuperar a bola no campo de ataque. Depois de confusão na área, onde o arqueiro Guaita falhou, a bola sobrou para Farfán, que bateu, mas o goleiro rebateu. No rebote, Gavranovic chutou e a bola bateu nas duas traves antes de ultrapassar a linha e dar motivos para a torcida comemorar.

O Valencia teve a oportunidade de empatar novamente aos 12 minutos. Depois de bola enfiada, Aduriz ficou cara a cara com Neuer e bateu com força, mas o jovem goleiro alemão defendeu no reflexo e a bola passou por cima. O Schalke quase ampliou com o artilheiro Gavranovic, aos 36. Ele saiu em velocidade, passou pela defesa e bateu cruzado, com força, mas a bola explodiu na trave.

Os espanhóis também chegaram bastante e tentaram pressionar, mas pararam na boa atuação do goleiro Neuer, que foi muito bem no duelo. No penúltimo lance do jogo, ainda, Gavranovic quase marcou um gol antológico. Ele viu o goleiro adiantado e, de cavadinha, mandou por cima do arqueiro, que só olhou a bola beijar o travessão e sair pela linha de fundo.

Entretanto, ainda havia tempo para mais. Farfán arrancou em contragolpe aos 48 minutos do segundo tempo e, passou pela defesa. Ao chegar na frente do goleiro, deu um leve toque por cima e matou o jogo: 3 a 1 para os classificados alemães.

FICHA TÉCNICA
SCHALKE 3 x 1 VALENCIA

Local: Estádio Aufschalke, em Gelsenkirchen (Alemanha)
Data: 9 de março de 2011, quarta-feira
Horário: 16h45 (de Brasília)
Árbitro: Jonas Eriksson (Suécia)
Assistentes: Stefan wittberg e Mathias Klasenius (ambos da Suécia)
Cartões amarelos: Escudero, Kluge, Farfan (Schalke) e Mathieu (Valencia)

GOLS:
VALENCIA: Ricardo Costa, aos 16 minutos do primeiro tempo.
SCHALKE 04: Farfan, aos 40 minutos do primeiro tempo e aos 48 do segundo tempo, e Gavranovic, aos seis minutos do segundo tempo

VALENCIA: Guaita; Ricardo Costa, Navarro, Bruno e Mathieu; Topal, Banega (Alberto Costa), Juan Mata e Joaquín; Aduriz (Jonas) e Pablo (Soldado)
Técnico: Unai Emery

SCHALKE: Neuer; Uchida, Howedes, Metzelder e Sergio; Matip (Papadopoulos), Kluge (Sarpei), Jurado (Draxler) e Farfán; Gavranovic e Raúl
Técnico: Feliz Magath

Veja as imagens desta quarta-feira pela Liga dos Campeões :

Leia tudo sobre: Schalke 04ValenciaAlemanhaEspanhaFutebol Mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG