Tamanho do texto

Jogador viajaria para a praia no fim da semana. Com o corte de Glaydson, interrompeu as férias, e quarta-feira embarca para Abu Dhabi

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882209655&_c_=MiGComponente_C

O meia-atacante Eduardo Sasha já tinha tudo planejado sobre o que faria nas férias. O jogador tinha uma cirurgia marcada para esta terça-feira e até o fim da semana iria para Santa Catarina. Mas sua vida deu uma virada e tanto, quando foi comunicado na noite de segunda-feira que estava na lista do Mundial de clubes.  

Primeiro me ligaram pra dizer que a cirurgia estava confirmada e que eu tinha que ir no hospital. Algumas horas depois ligaram outra vez para dizer que eu me apresentasse hoje para treinar, pois iria viajar para o Mundial. Sou um cara sortudo, definiu Sasha que passaria por uma intervenção cirúrgica nesta nesta terça para a retirada de um calo no pé esquerdo.

O jovem de 18 anos confessa que já tinha perdido as esperanças. Ele estava na lista preliminar que o Inter havia mandando com 30 jogadores. Mas depois acabou cortado, quando o clube escolheu os 23 que iriam para Abu Dhabi. Foi uma surpresa muito grande. Não esperava mais. Estava pronto pra ir pro hospital", contou Sasha.

A oportunidade surgiu depois que o volante Glaydson, lesionado, acabou cortado da delegação . Ainda nesta semana Sasha viajaria para Santa Catarina para curtir as férias na praia. Teve que mudar o destino e agora não vai mais a passeio, mas sim a trabalho. Eu ia pra praia, mas o cancelamento destas férias foi um dos maiores acontecimentos da minha vida, comemorou o jogador.

Sasha participou do treinamento normalmente nesta terça-feira. No restante do dia vai correr para arrumar as malas. O Inter embarca nesta quarta-feira, ao meio-dia, para os Emirados Árabes. A chegada está prevista para quinta-feira às 5 horas da manhã (horário de Brasília).