Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

São-paulinos minimizam vantagem no clássico após semana livre

Enquanto o time de Carpegiani teve a semana só para treinos, Palmeiras jogou no Piauí pela Copa do Brasil

Levi Guimarães, iG São Paulo |

São Paulo e Palmeiras chegarão ao clássico do próximo domingo vindos de períodos de treino e descanso bastante diferentes. Afinal, os comandados de Paulo César Carpegiani jogaram pelo Paulistão no último sábado, contra o Bragantino, e folgaram no domingo e na segunda, tendo o resto da semana apenas para treinos, enquanto o time de Luiz Felipe Scolari jogou pelo estadual no domingo, contra o Mogi Mirim, e na noite de quarta foi à Teresina, no Piauí, enfrentar o Comercial pela Copa do Brasil.

Essa diferença, no entanto, não é encarada pelos jogadores são-paulinos como uma grande vantagem para a partida no estádio do Morumbi. Para o lateral-esquerdo Juan, por exemplo, o adversário terá tempo suficiente para se recuperar e chegar em boas condições no domingo.

“Essa vantagem é complicada. A gente teria se o jogo fosse no sábado, como foi o nosso [na semana anterior o São Paulo enfrentou o Treze-PB em Campina Grande na quarta e o Bragantino no sábado]. Claro que ter a semana livre é bom, mas com o jogo sendo no domingo eu não vejo o Palmeiras chegando cansado”, disse o camisa 16.

A valorização ao rival também é suficente para que Juan considere a partida um importante teste para saber até onde o São Paulo pode chegar na temporada 2011. “É um time que vai jogar de igual para igual e acaba sendo um grande teste, mas o time tem que continuar crescendo independente do adversário. Tem que ter seu próprio ritmo e padrão de jogo”, afirmou.

Vipcomm
Juan treina com o São Paulo em semana sem jogos

O atacante Dagoberto, um dos destaques do São Paulo neste início de temporada, abordou outro aspecto do confronto com o Palmeiras. Ele relembrou o péssimo início que o time do Morumbi teve nos clássicos em 2010 e, por isso, considera importante uma vitória após a derrota para o Santos no primeiro clássico deste ano.

“Fomos muito mal no ano passado, perdemos muitos clássicos. E isso não pode acontecer. Tenho certeza de que vai ser um grande teste, um grande jogo e espero que possamos conquistar uma boa vitória”, disse o camisa 25, artilheiro do São Paulo no ano.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG