Tamanho do texto

Clube gaúcho ainda tenta acordo, mas definição pode ser feita pela justiça

Oscar ainda não pode voltar a jogar
EFE
Oscar ainda não pode voltar a jogar
Se depender do São Paulo , o 'caso Oscar ' seguirá sem definição. Embora nenhum dos clubes tenha feito um comunicado oficial, pessoas ligadas à negociação indicam que o clube paulista rejeitou a oferta feita pelo Inter .

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

As duas partes se reuniram na quinta-feira no intuito de dar um fim ao impasse. O Inter sinalizou com o pagamento de indenização para que o São Paulo libere de vez o jogador. O clube do Morumbi ouviu uma oferta que seria de R$ 7,5 milhões , prometeu analisar, mas não aceitou o valor. 

Veja também: Titular do Inter já foi pedreiro, garçom, segurança e quase músico

Segundo os envolvidos, o pedido do São Paulo seria bem maior. O Inter ainda tenta resolver o caso de forma amigável. O São Paulo promete repensar caso cheguem novos valores.

Sem um acordo, a decisão terá que voltar aos tribunais. Caberá ao TST decidir quem tem razão e qual seria o valor da indenização a ser paga pelo Inter. Enquanto isso, o jogador segue sem poder entrar em campo.

E ainda: Leão reconhece são-paulino que assaltou sua casa

Oscar está impedido de jogar desde que o TRT paulista determinou que o vínculo antigo com o São Paulo voltasse a ter valor .

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

O jogador deixou o Morumbi em 2010 também por decisão judicial, alegando o não cumprimento de cláusulas contratuais. O meia-atacante já declarou que não vai voltar ao São Paulo e que pretende seguir no Inter. 

São Paulo ou Inter? Pra quem você torce no 'caso Oscar'?