Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

São Paulo recebe Linense com toda a atenção voltada para Rivaldo

Aos 38 anos, camisa 10 estreia no Morumbi com confiança dos companheiros e esperança de ser o "maestro"

Levi Guimarães, iG São Paulo |

A estreia do veterano Rivaldo é, sem dúvida, o grande atrativo do confronto entre São Paulo e Linense na noite desta quinta-feira, às 19h30, no estádio do Morumbi. Aos 38 anos, o jogador fará sua primeira partida pelo novo clube, entrando para o seleto grupo de atletas que defenderam os três grandes times da capital paulista, conhecido como “trio de ferro”.

Rivaldo chegou ao São Paulo causando polêmica e desconfiança. Polêmica por, a princípio, declarar que se manteria como presidente do Mogi Mirim mesmo defendendo outra equipe, decisão à qual ele voltou atrás um dia antes da estreia. E desconfiança pelo aspecto físico e ritmo de jogo, já que além da idade avançada, ele não disputa uma partida oficial desde agosto.

Mas se para a torcida o clima ainda é de expectativa pelas atuações do pentacampeão, dentro do São Paulo a desconfiança já foi desfeita após os primeiros treinos. Rivaldo mostrou boa movimentação em todas as atividades das quais participou, chegou a marcar um golaço do meio de campo durante um treino coletivo e recebeu do técnico Paulo César Carpegiani carta branca para jogar pelo tempo que aguentar.

“Ele tem muita qualidade, é aquele jogador que antes de receber a bola já sabe o que fazer. Pena que a idede vai avançando. Já conversei com ele e deixei à vontade, vai jogar o quanto aguentar”, declarou Carpegiani.

Vipcomm
Na estreia, contra o Linense, Rivaldo terá aval de Carpegiani para jogar pelo tempo que aguentar

E se do técnico ele tem total confiança, dos companheiros de time tem até mais que isso. Nos últimos dias, todos os jogadores ao serem questionados sobre a presença de Rivaldo na equipe responderam seguindo uma mesma linha. E prometeram fazer todos os sacrifícios necessários pelo novo camisa 10.

“Se ele decidir lá na frente, a gente dá carrinho lá atrás com certeza. No que depender de mim, corro o que precisar por ele”. “Vamos procurar jogar um pouco mais atrás para dar a ele toda a tranquilidade para jogar”. “Ele não está sozinho. Aconteça o que acontecer, a responsabilidade é de todos”. “Todo mundo vai ter que se redobrar mais pra que ele possa ser o maestro da equipe”.

As frases acima, ditas respectivamente por Ilsinho, Rodrigo Souto, Jean e Xandão, foram algumas das declarações de apoio do elenco são-paulino ao estreante da noite. Já o próprio Rivaldo mostra um discurso “pé no chão”, dizendo ter a pretensão de jogar os 90 minutos, mas ao mesmo tempo admitindo não saber se isso será possível.

“Minha vontade é jogar os 90 minutos, mas é claro que tudo isso vai depender. Faz tempo que eu não jogo e posso sentir alguma coisa. Mas vim para o São Paulo para jogar sempre os 90. No decorrer dos jogos, a minha intenção é jogar o tempo inteiro. Mas isso quem vai resolver será o treinador", disse.

Com Rivaldo confirmado, Carpegiani tinha dúvidas até o treino da manhã de quarta-feira em outras posições. Jean, que vem jogando como lateral-direito, ficou fora do coletivo por conta de dores no pé direito e, se não jogar, obrigará o treinador a escalar o São Paulo no esquema 3-5-2, com a entrada do garoto Luiz Eduardo ao lado de Xandão e Miranda na zaga.

Já no caso de Jean ter condições de jogo, o que foi apontado como mais provável pelo departamento médico do clube, a única dúvida seria no ataque, entre Fernandão e Ilsinho. Com Fernandão jogando, Dagoberto seria deslocado para jogar aberto pela direita. E se Ilsinho for a opção, Dagoberto permanecerá como o atacante mais avançado da equipe.

Do outro lado, o Linense quer atrapalhar a festa da estreia de Rivaldo. Embalado pelo triunfo na última rodada, contra o Paulista, o clube do interior sonha com outro resultado positivo para se distanciar da parte de baixo da classificação.

"Será pedreira contra um time grande, que tem grandes estrelas, como o Rivaldo. Mas vamos com o mesmo pensamento, em busca de somar pontos", afirmou o técnico Vilson Tadei, que não tem desfalques para o confronto.

FICHA TÉCNICA - SÃO PAULO X LINENSE

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 3 de fevereiro de 2011, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Milton Etsuo Ballerini
Assistentes: João Edilson de Andrade e Claudenir Donizeti Gonçalves da Silva
Assistentes adicionais: Welton Orlando Wohnrath e Guilherme Ceretta de Lima

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Jean (Luiz Eduardo), Xandão, Miranda e Juan; Rodrigo Souto, Zé Vitor e Rivaldo; Fernandinho, Ilsinho (Fernandão) e Dagoberto
Técnico: Paulo César Carpegiani

LINENSE: Mateus; Eric, Marcelo, Bruno Quadros e Tarracha; Marcus Vinícius, Rocha, Marcelo Santos e Léo Costa; André Luiz e Fausto
Técnico: Vilson Tadei

Leia tudo sobre: são paulocampeonato paulista 2011rivaldo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG