Equipe paulista abriu 4 a 0 no placar, mas permitiu que os paranaenses encostassem com três gols na segunda etapa

nullNem o mais otimista torcedor do São Paulo esperava uma vitória de 4 a 3 sobre o Coritiba , dentro do Couto Pereira. Mas foi isso que aconteceu. A equipe paulista venceu seu 5º jogo fora de casa, em sete disputados neste Campeonato Brasileiro.

Siga o iG São Paulo no Twitter

A fatura foi praticamente liquidada nos primeiros 45 minutos, quando o São Paulo abriu 3 a 0 no placar, gols de Carlinhos Paraíba, Juan e Dagoberto. As coisas para os visitantes foram facilitadas com a expulsão do meia Davi, do Coritiba, antes do intervalo.

Entre para a Torcida Virtual do Coritiba ou do São Paulo e convide seus amigos

No começo do segundo tempo, Lucas aproveitou bobeira de Eltinho para anotar um golaço. O camisa 7 roubou a bola no campo de ataque e, de fora da área, tocou por cima do goleiro Edson Bastos. Com a goleada consumada, o São Paulo relaxou e permitiu que os anftriões diminuíssem com Rafinha e Bill, que marcou duas vezes. Mesmo com os sustos, a equipe segurou a vitória no final, apesar da expulsão de Denilson.

Foi o primeiro triunfo de Adilson Batista no comando são-paulino. Na estreia do treinador, a equipe só empatou com o Atlético-GO, em casa. Os três pontos conquistados deixam o vice-lídr São Paulo a apenas três pontos do líder Corinthians, que tem um jogo a menos. Já o Coritiba estacionou na 12ª colocação.

Na próxima rodada, o time paulista recebe o Vasco, no Morumbi, pela 13ª rodada. Já o Coritiba viaja até Minas Gerais, onde enfrenta o América-MG. Os dois jogos estão programados para domingo, o primeiro às 16h, e o segundo às 18h30.

O jogo
Jogando em casa e com o apoio da torcida, que encheu o Couto Pereira, o Coritiba partiu com tudo para cima do São Paulo. Tanto que antes do primeiro minuto de jogo, o meia Rafinha acertou um chute de esquerda na trave de Rogério Ceni. A pressão dos anfitriões continuou até os 10 minutos, quando os visitantes chegaram pela primeira vez ao campo de ataque, mas sem perigo.

Aos 15, após cruzamento da esquerda, Rogério Ceni tirou a bola da cabeça de Bill, que estava pronto para finalizar para o gol. No rebote, Rafinha chutou cruzado e Rhodolfo salvou. O castigo para o Coritiba veio dois minutos mais tarde, com o primeiro gol são-paulino.

Carlinhos Paraíba, ex-Coritiba, abriu o caminho para a vitória do São Paulo no Couto Pereira
AE
Carlinhos Paraíba, ex-Coritiba, abriu o caminho para a vitória do São Paulo no Couto Pereira
Welington roubou a bola no campo de ataque e tocou para Lucas, que encontrou Carlinhos Paraíba livre na meia esquerda. O volante dominou e soltou a bomba de fora da área, no ângulo de Edson Bastos. O detalhe é que Carlinhos vinha sendo vaiado sempre que encostava na bola, já que antes de defender as cores do São Paulo, era jogador do Coritiba.

Os donos da casa responderam no lance seguinte, mas Rogério Ceni defendeu chute de fora de Rafinha. Aos 23 minutos, com o jogo equilibrado, o zagueiro Rhodolfo deu um longo lançamento para o ataque e encontrou Juan na esquerda. O lateral apareceu livre na cara do gol e só tocou por cima do goleiro adversário para fazer 2 a 0.

Antes do intervalo, o São Paulo conseguiu ampliar o placar. Numa linda troca de passes rápidos no campo de ataque entre Rivaldo, Dagoberto, Lucas e Wellington, o volante enfiou a bola para o atacante bater firme no canto de Edson Bastos.. As coisas ficaram mais fáceis para o time do Morumbi com a expulsão de Davi, que fez uma falta em Juan, levou o amarelo, mas reclamou bastante e depois levou o vermelho.

Na segunda etapa, mesmo com um a menos, o Coritiba voltou pressionando para tentar diminuir o prejuízo. E a exemplo do que aconteceu nos primeiros 45 minutos, o São Paulo conseguiu marcar depois de tomar sufoco. O lateral Eltinho errou passe no campo de defesa, Lucas roubou a bola e percebeu o goleiro adiantado. O camisa 7 só tocou por cobertura, fazendo um golaço.

A equipe paulista continuou em busca de mais gols e teve duas boas chances com Cícero. Na primeira, o meia cobrou falta para fora. Depois, ele recebeu pela esquerda, livre, mas a finalização saiu pela linha de fundo. Dagoberto também teve duas chances boas para ampliar, mas não conseguiu balançar as redes.

O São Paulo então relaxou na partida e permitiu que o Coritiba diminuísse o placar. Aos 21 minutos, Rafinha acertou um belo chute de fora da para fazer o primeiro dos donos da casa. Oito minutos mais tarde, o mesmo Rafinha fez boa jogada pelo meio e encontrou Bill na área. Mesmo caído, o atacante conseguiu tocar na saída de Rogério Ceni e fez o segundo gol alviverde.

Aos 41 minutos, Bill marcou novamente. Rafinha fez boa jogada pela direita e cruzou para o camisa 9 marcar de cabeça o seu segundo gol no duelo. Os minutos finais foram de pressão total dos anfitriões, mas o São Paulo segurou o ímpeto dos adversário e segurou o resultado, apesar da expulsão de Denilson nos últimos instantes.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 3 x 4 SÃO PAULO

Local : Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data : 27 de julho de 2011, quarta-feira
Horário : 21h50 (de Brasília)
Árbitro : Antonio de Carvalho Schneider (RJ)
Assistentes : Rodrigo Pereira Joia (Fifa-RJ) e Luiz Muniz de Oliveira (RJ)
Público : 23.185 pagantes
Renda : R$ 513.270,00
Cartões amarelos : Rafinha, Davi, Maranhão, Jonas (CTB); Juan, Wellington, Lucas, Denilson (SP)
Cartão vermelho : Davi (CTB); Denilson (SP)

GOLS :
SÃO PAULO: Carlinhos Paraíba, aos 17' do 1º tempo; Juan, aos 23' do 1º tempo; Dagoberto, aos 30' do 1º tempo; Lucas, aos 9' do 2º tempo.
CORITIBA: Rafinha, aos 22' do 2º tempo; Bill, aos 29' do 2º tempo e aos 41' do 2º tempo.

CORITIBA : Edson Bastos; Jonas, Emerson, Pereira e Eltinho (Everton Ribeiro); Gil (Maranhão), Léo Gago, Rafinha e Davi; Marcos Aurélio (Anderson Aquino) e Bill. Técnico : Marcelo Oliveira

SÃO PAULO : Rogério Ceni; Jean (Luiz Eduardo), Xandão, Rhodolfo e Juan (Cícero); Denílson, Carlinhos Paraíba, Wellington e Rivaldo (Marlos); Lucas e Dagoberto. Técnico : Adilson Batista

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.