Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

São Paulo não acredita que Sul-Americano Sub-20 possa encarecer permanência de Lucas

Dirigentes negociam com o empresário do meia, Wagner Ribeiro, mas não acreditam em inflação caso o jogador se destaque no torneio que será disputado no Peru

Levi Guimarães, iG São Paulo |

A renovação do contrato do meia Lucas é uma das novelas do São Paulo neste final de ano. Principal revelação do clube no ano, o garoto de 18 anos ainda recebe o mesmo salário que recebia antes de ser promovido ao elenco profissional e a multa de seu contrato é considerada abaixo de seu real valor, especialmente para transferências dentro do Brasil.


O empresário do jogador, Wagner Ribeiro, já negocia há algumas semanas com a diretoria de futebol do clube pelo que ele considera um salário de titular, já que hoje Lucas recebe menos que alguns dos reservas do São Paulo. Além disso, Ribeiro também acha possível que o atleta volte ainda mais valorizado da seleção sub-20, que disputará o Sul-Americano no Peru.

Para os dirigentes são-paulinos, no entanto, o desempenho no torneio que dá vaga às Olimpíadas não deve influenciar no novo contrato. O vice-presidente de futebol, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, diz que a renovação levará em conta aquilo que Lucas apresentou como profissional no próprio São Paulo.

Isso é uma besteira. Não vamos considerar por esse lado a coisa. Ele também pode se desvalorizar se não colher um bom resultado, o que é perfeitamente previsível. Tanto que o Inter perdeu o jogo hoje [contra o Mazembe, pela semifinal do Mundial de Clubes]. Não é isso que valoriza ou desvaloriza. Nós temos bastante ciência e noção do que ele é, do que ele representa, disse o dirigente.

Há uma semana, o superintendente de futebol Marco Aurélio Cunha havia abordado o tema com uma posição semelhante. Seleção sub-20 nunca foi demonstração de sucesso no profissional. Se pegar fotos dos times campeões do mundo, sul-americano, três ou quatro fizeram sucesso. A maioria fica pelo caminho. O contrato do futebol profissional valioso é quando o cara justifica no profissional o seu recurso técnico. Aí nem precisa de empresário, jogou pagou, afirmou.

Lucas já se apresentou à seleção sub-20 comandada pelo técnico Ney Franco na manhã de segunda-feira. Além dele, os outros são-paulinos convocados foram o zagueiro Bruno Uvini, o volante Casemiro e o atacante Lucas Gaúcho.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolsão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG