Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

São Paulo estreia contra o Treze-PB na busca por título inédito

Após sete anos, clube paulista está de volta à Copa do Brasil; Carpegiani escala time com Lucas e no 3-5-2

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Em 2011, como nos sete anos anteriores, a Copa Libertadores será a obsessão do São Paulo. Mas se desde 2004 o clube paulista iniciava a temporada sempre sonhando com o título da competição continental, desta vez a pretensão máxima é a conquista da vaga para disputá-la em 2012. A caminhada na Copa do Brasil começa esta noite, diante do Treze-PB, em Campina Grande.

Além da vaga na Libertadores, o título da Copa do Brasil evidentemente também tem valor por si próprio. Ainda mais para o São Paulo, um dos poucos times considerados grandes no Brasil que jamais venceu o torneio. Em 11 participações, o melhor desempenho foi no ano 2000, quando o time chegou à final e acabou derrotado pelo Cruzeiro.

A “mudança de ares”, saindo da Libertadores e disputando a Copa do Brasil depois de sete anos não faz com que os são-paulinos esperem maior facilidade, nem mesmo na estreia, contra um time considerado mais fraco, como é o caso do Treze-PB. O zagueiro Alex Silva, por exemplo, não teve dúvidas em apontar a partida como “o jogo do ano” até agora.

AE
O goleiro Rogério Ceni volta à Copa do Brasil podendo chegar a 100 gols com a camisa do São Paulo. Ele já tem 98.

Outro que deixou clara a prioridade que será dada pelo São Paulo à Copa do Brasil foi o goleiro Rogério Ceni. E essa é apenas uma das semelhanças que o capitão são-paulino - em busca de seu centésimo gol - enxerga entre o torneio nacional e a Libertadores.

“[A Copa do Brasil] tem abrangência diferente. É nacional, enquanto o outro é continental. Mas o estilo é parecido, um campeonato de eliminação, mata-mata. Temos de nos adequar às coisas que temos na vida. Esse campeonato se torna a nossa Libertadores no primeiro semestre, para que no ano que vem possamos voltar à competição original”, disse o goleiro durante o embarque do São Paulo para a Paraíba.

Para este jogo, o técnico Paulo César Carpegiani finalmente conta com os reforços dos jogadores que estavam com a seleção brasileira na conquista do Sul-Americano Sub 20 no Peru. Reforços importantes, já que o treinador não esconde a esperança depositada nos garotos para darem mais qualidade ao time.

O meia Lucas, principal destaque da seleção ao lado do santista Neymar, chega já com status de titular absoluto. O veterano Rivaldo sequer viajou para Campina Grande e o agora camisa 7 será responsável pela criatividade no meio de campo. Já o volante Casemiro e o atacante Henrique devem ficar como opções no banco para o segundo tempo.

Em relação ao esquema de jogo, Carpegiani deve finalmente utilizar um legítimo 3-5-2 (nas últimas partidas o treinador escalou três zagueiros, mas com um deles jogando como um falso lateral). Assim, Alex Silva, Miranda e Rhodolfo tentarão dar maior segurança à defesa, ao mesmo tempo em que Jean e Juan ganham mais liberdade para atacarem como alas.

No Treze-PB, a principal aposta é na experiência de Warley, ex-atacante do Palmeiras e do próprio São Paulo. Aos 33 anos, o jogador confia em uma boa atuação do clube paraibano. “Alguns jogadores iniciaram a pré-temporada há dois meses e nosso primeiro pensamento é tentar levar para o segundo jogo. O estádio estará cheio, nosso time é bom e o esporte está muito nivelado. Podemos surpreender aqui dentro”, disse.

Também conhecido do futebol paulista é o técnico do Treze-PB, Marcelo Vilar, que comandou o Palmeiras em duas oportunidades e chega à partida diante do São Paulo com uma sequência de três vitórias pelo Campeonato Paraibano.

FICHA TÉCNICA - TREZE-PB X SÃO PAULO

Local: estádio Ernani Sátiro (Amigão), em Campina Grande (PB)
Data: 16 de fevereiro de 2011, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Arílson Anunciação (BA)
Assistentes: Ubiratan Viana (RN) e Lorival Flores (RN)

TREZE:
Marcelo Galvão; Ferreira, Anderson e André Lima; Thiago Almeida, Paulinho Potiguar, Márcio Pinho, Júlio César e Laerte; Cléo e Warley
Técnico: Marcelo Vilar

SÃO PAULO:
Rogério Ceni; Alex Silva, Miranda e Rhodolfo; Jean, Rodrigo Souto, Carlinhos Paraíba, Lucas e Juan; Dagoberto e Fernandinho
Técnico: Paulo César Carpegiani

Leia tudo sobre: são paulotreze-pbcopa do brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG