Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

São Paulo estranha mudança de horário do jogo contra o Vasco

Clube não reclama, mas mostra surpresa depois de ter visto negado seu pedido de mudança no jogo contra o Ceará, em Fortaleza

Levi Guimarães, iG São Paulo |

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou nesta terça-feira a mudança de horário do jogo entre São Paulo e Vasco, das 17h para as 19h30 do próximo domingo. Apesar de não reclamarem oficialmente da alteração, os são-paulinos demonstraram ser pegos de surpresa, e questionaram porque o pedido do clube não foi atendido no jogo contra o Ceará.

Na ocasião, o horário de verão estava em sua primeira semana e, para que fosse possível a transmissão pela TV aberta às 16h de Brasília, foi necessário disputar o jogo às 15h no horário de Fortaleza. Desta vez, a solicitação de remanejamento do horário foi feito justamente pela TV Globo, com o argumento de ajuste da grade de programação da TV.

Muitas coisas que ocorrem no futebol e tem que ser levadas a sério. O único time que teve de jogar às três da tarde foi o nosso. Não dava para ficar nem no vestiário em Fortaleza com tanto calor, quem esteve lá pôde ver. Esse tipo de atitude desmerece o futebol. São coisas que eviam ser um pouco mais claras, afirmou o técnico Paulo César Carpegiani.

O treinador, contudo, descartou uma reclamação oficial do São Paulo para tentar manter o horário original. Se é melhor para o espetáculo vamos jogar. Mas é isso. Só a nossa equipe jogou às três da tarde, ninguém mais vai jogar.

O volante Jean foi outro que acatou - e até considerou positiva - o atraso no início do jogo contra o Vasco em São Januário. Mas assim como o treinador, lamentou que atitude semelhante não tenha sido tomada na oportunidade anterior.

A gente só tem que jogar. Mas lá no Ceará por ser muito mais quente deveriam ter analisado um pouquinho o pedido do São Paulo para mudar um pouco o horário, e não aconteceu. Agora com o Vasco vai ser bom, jogar numa temperatura mais baixa. Mas não sei o que aconteceu da primeira vez para não mudar e agora sim, questionou o camisa dois.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolsão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG