Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

São Paulo encara o Coritiba de olho na ponta do Brasileirão

No segundo jogo de Adilson Batista no comando, equipe tenta vencer para encostar no Corinthians, que não joga no meio de semana

Mário André Monteiro, iG São Paulo* |

Gazeta Press
Marcelo Oliveira, técnico do Coritiba
Quando entrar em campo nesta quarta-feira, contra o Coritiba , no Couto Pereira, o São Paulo completará seu 12º jogo dentro do Campeonato Brasileiro . Será o 7º duelo fora de casa, fato que não incomoda a equipe, já que nas outras seis partidas foram quatro vitórias e apenas duas derrotas. Um aproveitamento de 66,6% dos pontos longe da sua torcida, igual ao do líder Corinthians .

Siga o iG São Paulo no Twitter

"A gente está muito bem fora de casa. Contra o Inter jogamos bem, fomos seguros e quando saímos para o ataque fizemos os gols. Mas não nos desligamos por um minuto. Lá o campo é grande, temos que ter a consciência de estarmos ligados até o final para trazer um bom resultado", disse o zagueiro Rhodolfo , confirmado para o jogo na capital paranaense.

Entre para a Torcida Virtual do seu time  e convide os amigos

Aliás, a única dúvida do técnico Adilson Batista fica por conta de Rivaldo . O próprio meio-campista admitiu que não suportaria a sequência de jogos às quartas e domingos e que poderia pedir para ficar de fora de algumas partidas. Caso não jogue diante do Coritiba, o camisa 10 poderá ser substituído por Marlos ou Cícero .

De resto, a equipe deve ser a mesma que começou jogando no empate contra o Atlético-GO, no sábado, com Denilson formando o trio de volantes com Carlinhos Paraíba e Wellington. O lateral esquerdo  Juan também será mantido, apesar das vaias e xingamentos que recebeu após o duelo contra os goianos, no Morumbi. E o camisa 6 espera anotar seu primeiro gol com a camisa tricolor já nesta quarta.

"Espero esse gol para ontem. Já era para ter saído, estou me cobrando. Mas estou tranquilo porque sei que o gol vai sair com naturalidade e, quando sair, sairão outros na sequência. E com o Adilson Batista as coisas vão melhorar para mim porque irei mais ao ataque. Confio muito no meu potencial", avaliou.

Com seis pontos de desvantagem em relação ao primeiro colocado, o vice-líder São Paulo busca um triunfo na casa do adversário para diminuir a diferença para apenas três, uma vez que o Corinthians não atua neste meio de semana. O jogo desta rodada contra o Inter foi adiantado por conta da viagem dos gaúchos à Alemanha, onde disputaram a Audi Cup.

Gazeta Press
Marcelo Oliveira, técnico do Coritiba
Do lado do Coritiba, que vem de um empate fora de casa diante do Bahia e está na 12ª colocação, o técnico Marcelo Oliveira deverá manter a mesma formação, substituindo duas peças no time titular. Sem poder contar com o meia Tcheco e o volante Leandro Donizete , suspensos, o comandante fez o último treino antes do duelo contra o São Paulo com Gil e Davi no meio. O zagueiro Pereira, com dores musculares, foi poupado da atividade, mas não será problema para a partida.

"Temos duas opções de formação, um time um pouco mais solto, mais técnico", explicou Marcelo Oliveira, que teria Gil e Davi entre os 11 iniciais. "Vamos esperar a condição do Jonas, que pediu para sair. Uma outra opção é usar o Demerson, que como vocês sabem, já vem há algum tempo treinando como volante, dando mais liberdade para o Gil", conclui o técnico.

Se o rival faz uma boa campanha fora de casa, o Coritiba, em seus domínos, venceu quatro jogos e perdeu só na estreia, contra o Atlético-GO, por 1 a 0. A equipe alviverde marcou 14 gols no Couto Pereira e sofreu quatro. Sem contar que as quatro vitórias foram justamente nas últimas quatro partidas: 3 a 1 no Fluminense; 3 a 0 no Figueirense; 3 a 1 no Ceará; e 5 a 1 no Vasco.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X SÃO PAULO

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 27 de julho de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Antonio de Carvalho Schneider (RJ)
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia (Fifa-RJ) e Luiz Muniz de Oliveira (RJ)

CORITIBA: Edson Bastos; Jonas (Maranhão), Pereira, Émerson e Eltinho; Gil, Léo Gago, Davi e Rafinha; Marcos Aurélio e Bill. Técnico: Marcelo Oliveira

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Jean. Xandão, Rhodolfo e Juan; Denílson, Carlinhos Paraíba, Wellington e Rivaldo (Cícero); Lucas e Dagoberto. Técnico: Adilson Batista

*Com colaboração de Leonardo Fagundes, iG Curitiba

Leia tudo sobre: São PauloCoritibaBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG