Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

São Paulo e Palmeiras entram na briga para trazer Juan

O Flamengo não está sozinho na disputa para repatriar o zagueiro Juan, revelado na Gávea

AE |

selo

O Flamengo não está sozinho na disputa para repatriar o zagueiro Juan, revelado na Gávea. O jogador de 32 anos foi oferecido para São Paulo e Palmeiras por um empresário. Os arquirrivais aprovaram o nome de imediato e agora esperam o desenrolar da negociação para anunciá-lo como reforço.

O principal obstáculo é convencer a Roma a liberá-lo sem custo já nesta janela de transferências na Europa. Os italianos até admitem abrir mão de Juan antes do final do contrato em julho 2013, mas gostariam de ficar com ele até julho deste ano.

 Veja também: Juan é o objetivo do Flamengo para zaga

Por outro lado, o zagueiro quer voltar ao Brasil para atender ao pedido da família - ele atua na Europa desde 2002, quando trocou o Flamengo pelo Bayer Leverkusen, da Alemanha - e, para isso, esqueceria uma dívida que a Roma tem com ele.

AP
Juan tem contrato com a Roma até julho de 2013

O Flamengo aposta na relação próxima que tem com o jogador para convencê-lo de defender o clube, mas São Paulo e Palmeiras prometem abrir os cofres para oferecer um salário maior do que o Flamengo, além de um valor alto de luvas à vista.

Leia também: Palmeiras busca dois atacantes, meia e zagueiro para 2012

No São Paulo, a possibilidade de contar com Juan foi considerado um daqueles negócios de ocasião que não pode ser descartado. Apesar de ter contratado dois zagueiros - Paulo Miranda e Edson Silva -, o clube quer um jogador para tomar conta da posição, já que Rhodolfo caiu de produção no segundo semestre depois de receber uma proposta da Juventus, da Itália

A primeira opção era Breno, revelado pelo clube e que está no Bayern de Munique. O negócio, porém, se complicou por causa da justiça da Alemanha. O zagueiro foi preso por ter supostamente incendiado sua própria casa e o caso ainda está em aberto, necessitando de uma liberação para deixar o país. 

Juan seria titular sem contestação da equipe do técnico Emerson Leão ao lado de Rhodolfo, com três opções no banco de reservas: João Filipe, além dos recém-chegados Paulo Miranda e Edson Silva. Xandão deverá deixar o clube para defender o Sporting de Portugal, enquanto os jovens Bruno Uvini e Luiz Eduardo podem ser emprestados para ganhar experiência.

Homem de confiança

O zagueiro, que defendeu a seleção brasileira nas últimas duas Copas do Mundo em 2006 e 2010, chegaria para ser o homem de confiança do técnico Luiz Felipe Scolari na defesa do Palmeiras. O setor sofreu com altos e baixos dos zagueiros e nenhum deles se firmou. 

Até Henrique, que chegou com moral, não rendeu o que era esperado e amargou o banco em alguns oportunidades. Tanto que o jogador pediu uma posição da diretoria, já que tem contrato até junho e, se não for para ser aproveitado, gostaria de ir para outro time brasileiro. 

Leia ainda: Lucas concorda com 'bronca' de Juvenal e exalta reforços do SP

Juan seria o primeiro "camarão", como definiu Felipão, ao se referir aos reforços que ele pretendia para 2012. Por enquanto, o treinador recebeu apenas o lateral-esquerdo Juninho, que se destacou pelo Figueirense no Campeonato Brasileiro. 

"Não adianta se afobar, trazer jogadores que não vão corresponder. Não podemos errar, ter que ter cautela e analisando", comentou o presidente Arnaldo Tirone, em relação aos reforços de peso pedidos por Felipão. 

O "clássico" entre São Paulo e Palmeiras por Juan promete aquecer os primeiros dias deste ano, mas o Flamengo não pode ser considerado carta fora do baralho e tem chance de deixar os rivais paulistas apenas na vontade de contratar um ótimo reforço.

Leia tudo sobre: são paulopalmeirasflamengojuanroma

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG