Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

São Paulo e Palmeiras empatam em jogo marcado por chuva e apagão

Fernandinho coloca time do Morumbi à frente, mas vê Adriano Michael Jackson marcando o gol de empate

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

O São Paulo ficou no empate com Palmeiras por 1 a 1 em um jogo que vai ser muito mais lembrado pela chuva e pelo apagão do que pelo futebol apresentado. Por causa da tempestade que atingiu o Morumbi, o duelo começou com 65 minutos de atraso. Até pela condição do gramado, que estava bastante pesado, a partida não exibiu grandes lances com boa técnica, mas deixou ainda mais evidente as falhas da equipe de Luiz Felipe Scolari, especialmente na defesa.

nullO gol do São Paulo foi marcado no 1º tempo por Fernandinho, que fez boa jogada pela esquerda do campo, passou como quis por Danilo e chutou cruzado e forte, sem chances para Deola. No mesmo instante, a luz do estádio e apagou e foi voltar 15 minutos depois. O Palmeiras mostrou pouco poder de reagir à adversidade e só levantou a sua torcida em oportunidades no meio do 2º tempo para frente, quando Alex Silva foi expulso.

Foi em uma dessas chances, aos 39 minutos do 2º tempo, que Adriano conseguiu o empate. O atacante, que acabara de perder uma grande chance cara a cara com Ceni, empatou a partida com um belo chute cruzado após triangulação que teve participação de Kleber e Valdivia.

Agora, o São Paulo fica com 19 pontos e se prepara para enfrentar o São Caetano fora de casa no sábado. Já o Palmeiras fica com 21 pontos, perde a liderança do Paulista e já começa a pensar no Comercial-PI, adversário de quarta-feira pela Copa do Brasil.

AE
Chuva na cidade de São Paulo atrasou o clássico em mais de uma hora


O jogo
Como se não bastasse todo atraso devido às chuvas fortes, o jogo começou nervoso. O cronômetro não marcava nem dois minutos, e Valdivia e Miranda já haviam se estranhado após uma troca de chutes e cabeçadas. A primeira boa chance de gol mesmo foi acontecer aos 10 minutos. Rogério Ceni cobrou falta em busca do gol 99, mas parou na barreira. Quatro minutos depois, Luan chutou de longe, mas não conseguiu nada a não ser o escanteio.

As faltas dominavam a partida. Aos 17 minutos, 14 faltas tinham sido marcadas. E foi em uma delas que Dagoberto tentou enganar Deola, colocando a bola direto para o gol, quando todos esperavam um cruzamento. O camisa 22 do Palmeiras se recuperou a tempo e jogou para escanteio.

Aos 25 minutos, Fernandinho fez belíssima jogada para abrir o placar. Ele driblou Danilo sem muita dificuldade, invadiu a grande área e deu chute cruzado sem chance de defesa para Deola. A torcida do São Paulo começava a comemorar quando o sistema de luz caiu no Morumbi. O jogo voltou só depois de 15 minutos.

Um minuto depois da bola voltar a rolar, Casemiro desviou bola de cabeça após cobrança de falta de Dagoberto e por pouco não aumentou a vantagem. A bola passou por cima do gol. A próxima chance aconteceria aos 35, com belo lance de Lucas, que chutou rente à linha de fundo, por cima do goleiro palmeirense. Caído, o atacante viu Deola fazer uma belíssima defesa no último lance perigoso do primeiro tempo.

Vipcomm
Dagoberto disputa a bola com Tinga no clássico deste domingo no estádio do Morumbi
Na etapa final, a mudança de Felipão foi na zaga. Danilo saiu para dar lugar a Leandro Amaro. No primeiro lance, a troca pareceu não surtir efeito. Jean entrou pela direita da área e cruzou na cabeça de Dagoberto, que fez Deola trabalhar para evitar o segundo gol. Depois, foi a vez do mesmo Dagoberto percorrer a intermediária inteira do adversário e chutar à direita da meta.

Aos 11 minutos, tentando mudar a atuação ofensiva do seu time, Felipão colocou Adriano no lugar de Luan. No primeiro lance, o gol não saiu, mas por causa de um tropeção, o atacante palmeirense foi agredido por Alex Silva. O zagueiro são-paulino pensou ver uma simulação e partiu para cima de Adriano. O juiz expulsou o "Pirulito" sem nenhuma dúvida.

Aos 28 minutos, o Palmeiras foi criar a primeira boa chance após ficar com um jogador a mais. Valdivia cobrou falta, a zaga do São Paulo afastou e Tinga chutou de primeira. Rogério Ceni fez uma belíssima defesa, evitando o empate. A chance foi suficiente para Carpegiani tirar Fernandinho e colocar Xandão, para recompor a zaga.

Cinco minutos depois, Valdivia fez bela jogada. Driblou a três adversários e chutou de fora da área. Ceni conseguiu fazer a defesa sem grandes problemas, mas preferiu dar o escanteio ao adversário. Depois, aos 37 minutos, Adriano recebeu passe pela esquerda do campo, ficou cara a cara com Ceni, mas errou na hora de finalizar.

Dois minutos depois, Michael Jackson conseguiu fazer o suficiente para dançar. Ele recebeu passe após boa tabela entre Kleber e Valdivia, saiu cara a cara com Ceni e, dessa vez, não errou. Empatou a partida a poucos segundos do fim.

FICHA TÉCNICA – SÃO PAULO 1 X 1 PALMEIRAS

Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)
Data: 27 de fevereiro de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido R. de Souza
Assistentes: Márcio Luiz Augusto e Marco Antônio Gonzaga da Silva
Adicionais: Raphael Claus e Leandro Bizzio Marinho
Público: 26.138 pagantes
Renda: R$ 815.394,00
Cartões Amarelos: Miranda e Dagoberto (SPO); Danilo, Marcos Assunção e Kleber (PAL)
Cartão vermelho: Alex Silva (SPO)

GOLS:
SÃO PAULO:
Fernandinho, aos 25 minutos do 1º tempo
PALMEIRAS: Adriano, aos 39 minutos do 2º tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Miranda, Alex Silva e Rodolpho; Jean, C. Paraíba, Casemiro, Lucas (Rivaldo) e Juan; Fernandinho (Xandão) e Dagoberto (William José)
Técnico: Paulo César Carpegiani

PALMEIRAS: Deola; Cicinho, Danilo (Leandro Amaro), Thiago Heleno e Gabriel Silva; Márcio Araújo, Marcos Assunção (João Vitor), Tinga e Valdivia; Luan (Adriano) e Kleber
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Leia tudo sobre: palmeirassão paulocampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG