Diretor do clube disse se zagueiro quiser sair para algum concorrente direto, terá que esperar até agosto

Alex Silva está fora do São Paulo
Vipcomm
Alex Silva está fora do São Paulo
O novo diretor de futebol do São Paulo , Adalberto Baptista, confirmou nesta quinta-feira que Alex Silva não é mais jogador do clube. De acordo com o dirigente, o zagueiro vai conversar com o Hamburgo, da Alemanha , e tentar sua liberação para acertar com qualquer outro time brasileiro ou do exterior. Adalberto disse, porém, que se o defensor escolher atuar por um clube rival ou concorrente direto no Brasileirão, só vai liberar Alex no fim do seu contrato, no dia 31 de julho.

"Ele disse que é são-paulino e que não vai jogar por nenhum rival. Nós temos obrigação de cumprir o contrato com o Alex. Se ele conseguir a liberação do Hamburgo, nós damos a liberação também. Mas não vamos antecipar a rescisão se for para um rival ou concorrente direto. Após o contrato, ele pode ir para onde quiser”, revelou Adalberto.

Santos, Corinthians e Grêmio, além do Sporting, de Portugal, manifestaram interesse em contar com Alex Silva ainda nesta temporada. Se o destino for mesmo algum clube do futebol nacional, o zagueiro deverá ficar treinando no São Paulo até o fim do seu contrato, para depois acertar com algum clube em agosto.

O cartola são-paulino admitiu que para ficar em definitivo com Alex Silva, o clube teria que desembolsar algo em torno de R$ 8 milhões. Adalberto disse que o custo-benefício do jogador não permitiu que o São Paulo pagasse essa quantia ao clube alemão. "Nós avaliamos tudo, número de jogos, comportamento em treinos, retorno em investimento. Pesou tudo, não tem um motivo específico para sua saída".

A segunda passagem do jogador pelo São Paulo foi bastante conturbada. Lesões, declarações polêmicas, faltas em treino e bate-boca com o presidente Juvenal Juvêncio foram determinantes para seu desligamento do clube . Alex atuou 142 vezes com a camisa tricolor, tendo anotado 12 gols.

Sobre reforços, Baptista avisou que o clube está procurando dois ou três nomes de peso, apesar dos bons valores que a categoria de base está revelando atualmente. "Esses dois ou três reforços terão que chegar para jogar, até porque vamos perder o Lucas para a seleção e alguns garotos para o Mundial sub 20. O São Paulo vai se reforçar com atletas nota 8 ou 9", avisou o diretor.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.