Com as vitórias de Corinthians e Palmeiras, o clube do Morumbi precisa bater o Catandunvense para ficar na ponta da tabela

A equipe do técnico Emerson Leão pode retomar nesta quinta-feira a liderança do Paulistão
Vipcomm
A equipe do técnico Emerson Leão pode retomar nesta quinta-feira a liderança do Paulistão
Há exatamente um ano, o São Paulo reunia cerca de 45 mil torcedores no Morumbi para a apresentação de Luis Fabiano e a festa pelo centésimo gol de Rogério Ceni , marcado contra o Corinthians dois dias antes, na Arena Barueri. Nesta quinta-feira, a equipe volta ao estádio para enfrentar o Catanduvense, às 19h30 (de Brasília), e consolidar outro excelente momento: manter a liderança do Paulista e ampliar para oito a sequência de vitórias.

Por conta dos shows do roqueiro britânico Roger Waters, no domingo e na terça-feira, o Morumbi não poderá ser usado. Mas será em um palco de boas recordações que a equipe buscará continuar com os benefícios da excelente fase. Com base no retrospecto no estádio, a esperança do oitavo triunfo seguido aumenta: em 15 jogos no time, o São Paulo venceu 11, empatou um e perdeu três, marcando 29 gols e sofrendo 13.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Mas a primeira posição, que pode ser garantida com novos três pontos, é a principal motivação. "Entramos com muita confiança. A responsabilidade de ser o primeiro colocado nos deixa mais soltos, podemos mostrar mais. A alegria do grupo contagia, jogamos mais soltos", contou Rodrigo Caio.

Emerson Leão não exige, até por só ter vantagem de resultados iguais na decisão do estadual, mas, obviamente, aprova o primeiro lugar. Para esta quinta-feira, além dos machucados Rogério Ceni, Cañete e Wellington, também não contará com Luis Fabiano e Fabrício, outros machucados, Piris, suspenso, e tem Bruno Cortez e Fernandinho como dúvidas por lesão.

Leia mais: Em sua posição e com gosto por ataque, Cícero tenta esquecer seleção

Da equipe que bateu o Mirassol no domingo, a única alteração confirmada é a volta de Rodrigo Caio, novamente improvisado na lateral direita, com a possibilidade de Henrique Miranda atuar do outro lado em substituição a Cortez. Do meio-campo para a frente, o objetivo é vencer um provável esquema defensivo, já que o Catanduvense iniciou a 16ª rodada em 16º lugar, a dois pontos da zona de rebaixamento.

"E a Arena Barueri é um campo menor. Eles podem vir fechados, ser um jogo chato", previu Cícero. "Todo jogo é difícil. Contra o XV de Piracicaba, foi muito complicado, eles se defendiam muito, não conseguíamos jogar. Precisaremos ter a cabeça no lugar e humildade", completou Rodrigo Caio.

Veja também: Por Oscar, São Paulo envia notificação e ameaça processar o Inter

A equipe de Catanduva, realmente, viaja disposta a somar nem que seja um ponto. "Na rodada passada, vencemos bem fora de casa e conseguimos respirar, mas precisamos pontuar para manter uma certa distância da zona do rebaixamento. E o São Paulo deve vir para cima, jogam pela liderança", falou o meia Alex Willian.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X CATANDUVENSE

Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)
Data: 29 de março de 2012, quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Claudinei Forati Silva (SP)
Assistentes: Leandro Almeida dos Santos e Maria Eliza Correia Barbosa (ambos de SP)

SÃO PAULO: Denis; Rodrigo Caio, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Casemiro, Cícero e Jadson; Lucas e Willian José
Técnico: Emerson Leão

CATANDUVENSE: Filippi; Chiquinho, Ednei, Douglas e Cleber; Ricardo Oliveira, Moreilândia, Nenê Bonilha e Alex Willian; Samuel e Alemão
Técnico: Roberval Davino

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.