Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

São Paulo arranca empate com Atlético-PR e perde chance de ser 1º

Rivaldo faz gol aos 45 minutos e salva time da 3ª derrota dentro de casa no Estádio do Morumbi

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

O São Paulo parou na forte marcação do Atlético-PR e sofreu com a estratégia do contra-ataque no empate por 2 a 2 no Morumbi neste sábado. O time paulista saiu atrás, após Fransérgio cabecear sozinho, mas empatou com um belo gol de Ilsinho . Lucas teve alguns lampejos de bom jogador, mas não fez o suficiente para comemorar o aniversário de 19 anos, que acabou sendo salvo por Rivaldo, que marcou aos 45 minutos e não deixou Edigar sair como herói.

O empate levou o São Paulo aos 32 pontos, manteve o time em 3º e tirou a chance da liderança mudar de mãos. Com 33 pontos, o Corinthians segue à frente. Já o time do sul do país chegou aos 13 pontos e segue lutando para sair da parte de baixo da classificação.

O empate foi construído parcialmente no 1º tempo, quando os times começaram se estudando muito. O Atlético-PR encaixava muito bem a marcação e tentava explorar os contra-ataques e as bolas paradas. Foi aí que Marcinho achou Fransérgio livre na pequena área para abrir o placar de cabeça. A reação foi bem rápida, e Ilsinho empatou com um belíssimo gol de fora da área.


Na etapa final, o time do Paraná ficou ainda mais fechado e mostrava que estava satisfeito com o empate. Se nos primeiros 45 minutos a marcação já era reforçada, nos últimos, ela ficou ainda mais forte. Morro Garcia lutava quase que sozinho e segurava a bola para as chegadas de Marcinho e Mádson , sem muito sucesso.

Por isso, Edigar entrou no lugar do uruguaio e quase mudou a história do jogo em um novo contra-ataque, vencendo a marcação de Zé Vítor e João Filipe juntos para recolocar o seu time à frente. Rivaldo salvou os anfitriões da 3ª derrota em casa com um gol de barriga aos 45 minutos do 2º tempo.

Na próxima rodada, o São Paulo joga contra o América-MG , na quinta-feira, às 21h, em Sete Lagoas, sem contar com João Filipe, zagueiro que tomou o terceiro amarelo. Já o Atlético-PR recebe o Cruzeiro na Arena da Baixada na quarta-feira, às 19h30.

Siga o Twitter do iG São Paulo e receba as notícias do seu time em tempo real

Vipcomm
Ilsinho comemora gol de empate contra o Atlético-PR


O jogo


O meio de campo do São Paulo, com Cícero e Ilsinho exibia toques rápidos. Foi assim que Lucas criou a primeira chance de gol aos 7 minutos do 1º tempo. Ele recebeu passe pela direita, entrou na área e acertou a rede pelo lado de fora. A resposta veio aos 11 minutos, com chute de fora da área de Marcinho que assustou Rogério Ceni.

Vipcomm
Ilsinho comemora gol de empate contra o Atlético-PR
Nove minutos depois, o mesmo Marcinho seria fatal, mas na assistência. O camisa 10 do Atlético-PR bateu falta na pequena área, e Fransérgio apareceu sozinho praticamente dentro da pequena área, para desviar a bola e abrir o placar em pleno Morumbi. A reação do São Paulo veio rápida. Aos 24 minutos, Ilsinho driblou o mesmo Fransérgio e acertou uma bomba de fora da área, no ângulo do goleiro adversário.

Depois do empate, o jogo ficou muito travado e os goleiros pouco trabalhavam. Os times erravam muito nos últimos passes e a bola não chegava nas áreas. Aos 40, Ilsinho novamente quebrou a sequência, mas, desta vez, parou no goleiro Renan Rocha, que colocou a bola para escanteio. Aos 45 minutos, Morro Garcia perdeu o gol no último lance de perigo do jogo, colocando a bola à direita de Ceni, mesmo estando dentro da pequena área, com chance clara de balançar as redes.

No 2º tempo, o Atlético-PR voltou ainda mais fechado e com a proposta de explorar os contra-ataques. Aos 8 minutos, Mádson recebeu belo passe de Edílson, dominou e demorou muito para finalizar. Na hora em que chutou, Zé Vítor deu carrinho e afastou o perigo.

Aos 10 minutos, Denílson sentiu uma fisgada no músculo e precisou de ajuda para sair de campo. Jean foi o seu substituto. Ao mesmo tempo em que o jogador entrava em campo, a torcida clamava pela entrada de Rivaldo, na esperança de voltar a ver um meio de campo criativo que teve bons momentos no 1º tempo.
 
Dez minutos depois, Adílson ouviu os pedidos e colocou o experiente jogador no lugar de Ilsinho e recebeu vaias. Pouco antes, Morro García, que pouco conseguia fazer, havia deixado o campo para a entrada de Edigard.

Aos 31 minutos, Dagoberto recebeu bom passe de Rivaldo pela esquerda da entrada da área e chutou na trave, arrancando suspiros do torcedor. Na jogada seguinte, o contra-ataque foi fatal. Edigar recebeu bom passe de Marcinho, passou por dois zagueiros na trombada e voltou a colocar seu time à frente.

Adílson tentou mudar a história do jogo colocando um atacante a mais. Fernandinho entrou no lugar de Juan para tentar voltar a somar um ponto. O nome do empate, no entanto, foi do experiente Rivaldo, que fez gol de coxa aos 45 minutos no 2º tempo.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 x 2 ATLÉTICO-PR

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 13 de agosto de 2011, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)
Cartões amarelos: João Filipe e Piris (SPO) Deivid (ATP)

GOLS:
SÃO PAULO: Ilsinho, aos 24 minutos do 1º tempo e Rivaldo aos 45 minutos do 2º tempo
ATLÉTICO-PR: Fransérgio, aos 20 minutos do 1º tempo, Edigar, aos 32 minutos do 2º tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Piris, Zé Vitor, João Filipe e Juan (Fernandinho); Denílson (Jean), Wellington, Cícero e Ilsinho (Rivaldo); Lucas e Dagoberto.
Técnico
: Adilson Batista.

ATLÉTICO-PR: Renan Rocha; Edilson, Manoel, Fabrício e Paulinho; Deivid, Robston (Wendel), Fransergio e Marcinho; Madson (Gustavo) e Morro García (Edigar)
Técnico
: Renato Gaúcho.

Leia tudo sobre: são pauloatlético-prbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG