Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

São Paulo admite saída de Ricardo Oliveira

Equipe negou desistência em manter o jogador no Morumbi, mas admitiu que ele deve voltar à Arábia

Gazeta |

A novela envolvendo São Paulo, Al-Jazira e Ricardo Oliveira, que se arrasta desde o início de dezembro, está próxima do fim. Para a torcida do Tricolor, o desfecho das negociações deve decretar um final infeliz, já que o jogador dificilmente permanecerá no Brasil. A diretoria, no entanto, ainda tem um fio de esperança.

"A situação se acentuou em termos de dificuldades. O Al-Jazira está exigindo certas coisas que dificultam a negociação, mas ainda não há uma desistência absoluta. Esperamos continuar tratando do assunto", disse o vice-presidente de futebol Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, em entrevista à Rádio Globo nesta quarta-feira.

"É um jogador de muita qualidade, um bom profissional, mas se não conseguirmos continuar com ele, devemos admitir que não dá para seguir e buscar outra alternativa. Com certeza, será uma grande perda", acrescentou Leco, antes de afirmar que o clube já estuda nomes de possíveis substitutos, mas que por enquanto aposta nos jogadores que possui.

Na terça, o auxiliar técnico Milton Cruz já havia antecipado que o jogador dificilmente permaneceria. O atual cenário contraria a visão da diretoria no início das tratativas, já que o clube se dizia otimista após enviar um emissário aos Emirados Árabes especialmente para cuidar do assunto.

O São Paulo buscava um novo empréstimo do jogador e até cogitava a possibilidade de contratá-lo em definitivo, mas envolvendo um de seus atletas na negociação. O atacante Mazola, que disputou o Brasileirão pelo Guarani, era o mais cotado. Como os árabes só aceitam vender o jogador por um alto valor, o jovem deve acertar por empréstimo com o Atlético-PR.

 

Leia tudo sobre: São PauloRicardo Oliveira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG