Time do ABC paulista construiu primeira vitória na competição nacional abrindo o placar com gol precoce

O São Caetano tomou um susto no final, porém derrotou o Bragantino por 2 a 1 e se reabilitou no Campeonato Brasileiro Série B. Foi o primeiro triunfo do Azulão na competição, que foi aos quatro pontos na tabela.

Na próxima rodada, a equipe do técnico Márcio Goiano tentará embalar recebendo a Ponte Preta no Anacleto Campanella. Já o time interiorano, que continuou com apenas um ponto somado, buscará um fôlego visitando o Náutico.

Lance da partida disputa no Nabi Abi Chedid
Gazeta Press
Lance da partida disputa no Nabi Abi Chedid


O jogo
Mesmo jogando no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, o São Caetano se impôs e abriu o placar logo de cara. O lateral esquerdo Artur cobrou falta e bola desviou na barreira antes de morrer dentro da meta de Gilvan.

O tento precoce animou o Azulão, até então sem ganhar na Segundona. Com Nunes e Eduardo na frente, a time do ABC paulista fez jus à postura ofensiva e dominou durantes os 45 minutos iniciais.

Se não fosse o goleiro Gilvan, o Braga iria para o vestiário com um placar ainda mais desfavorável. Aos 14 minutos, o arqueiro revelado pelo Palmeiras defendeu chute de Ricardo Conceição. E, aos 43, Eduardo, um dos destaque do Campeonato Paulista 2011, arrematou cruzamento e foi parado pelo camisa 1 adversário.

Nos instantes derradeiros do primeiro tempo, o Braga - do técnico Marcelo Veiga - melhorou, mas não conseguiu reverteu em gols. Aos 30 minutos, Carlinhos aproveitou escanteio e testou para as redes. Porém o juiz do duelo anotou falta, que gerou muita reclamação.

Na etapa complementar, o anfitrião Braga esboçou uma reação rumo ao empate, porém o São Caetano deu um banho de água fria aos 22 minutos. Após boa trama pela esquerda, Eduardo aproveitou cruzamento e aumentou: 2 a 0.

Aos 37 minutos, o Bragantino, na base do tudo ou nada, descontou e apimentou o embate. O veterano Luís Mário foi o autor do gol. Apesar da injeção de ânimo nos mandantes, o placar não foi mais alterado.

Assim como no primeiro tempo, a etapa complementar foi finalizada com um lance polêmico contra os donos da casa. Já nos acréscimos, o árbitro Raphael Claus apitou uma falta dentro da área, anulando um gol do Bragantino, e causou a ira do time do interior de São Paulo.

FICHA TÉCNICA - BRAGANTINO 1 X 2 SÃO CAETANO

Estádio: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 3 de junho de 2011
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Alberto Poletto Masseira (SP) e Celso Barbosa de Oliveira (SP)

Cartões amarelos: Carlinhos, Mineiro (Bragantino); Anderson Marques, Aílton (São Caetano)

GOLS : BRAGANTINO: Luís Mário, aos 37 minutos do segundo tempo.
São CAETANO: Artur, aos sete minutos do primeiro tempo e Eduardo, aos 22 minutos do segundo tempo

BRAGANTINO : Gilvan; Junior Lopes, Carlinhos e Felipe; Michel (Felipe Moreira), Diego, Mineiro, Paulo Roberto e George (Bruno Iotti); Bruno (Luis Mário) e Juninho Quixadá. Técnico: Marcelo Veiga.

SÃO CAETANO : Luiz; Artur, Eli Sabiá, Anderson Marques e Diego; Augusto Recife, Ricardo Conceição, Aílton e Fernandes (Giovane); Eduardo (Kléber) e Nunes (Alan). Técnico: Márcio Goiano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.