Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

São Caetano complica ainda mais Vila Nova e dorme fora da degola

Clube do ABC paulista consolidou a reação e espera resultado do Icasa, no sábado, para se firmar fora da zona de rebaixamento

Gazeta |

Gazeta Press
Nunes disputa bola no alto com jogador do Vila Nova

Por conta de um ímpeto na parte final do duelo, o São Caetano derrotou o Vila Nova por 3 a 0 e passará a noite de sexta-feira fora da zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o triunfo, o Azulão somou 36 pontos, ultrapassando o Icasa - o qual tem 35, mas entra em campo no sábado para enfrentar o Náutico. A partida será no Estádio dos Aflitos, no Recife.

O time goiano, por outro lado, se afundou ainda mais. Há quatro confrontos sem vencer, o Tigre estacionou nos 29 e vê os concorrentes se distanciarem a cada rodada.

O próximo compromisso do time do ABC paulista será no próximo sábado, contra o ASA-AL. No mesmo dia, o Vila receberá o Paraná.

O jogo - Derrotado na última rodada pelo Icasa por 1 a 0, o Vila Nova começou o embate contra o São Caetano com mais vontade. Desta forma, aos dez minutos, os goianos quase abriram o placar.

Davi fez boa jogada e encontrou Leandro Cearense, que encobriu o goleiro com categoria. Mas a bola resvalou na trave. No rebote, Wando pegou mal e desperdiçou a chance de inaugurar o marcador no Estádio Anacleto Campanela.

O susto acordou os mandantes, que bateram o Sport na rodada anterior por 3 a 1. Na sequência, o atacante Ricardo Xavier girou e disparou de fora da área. O chute tirou tinta da trave do goleiro Luis Cetin.

Após os lances iniciais de perigo, o confronto ficou equilibrado. No entanto, antes da ida ao intervalo, o Azulão criou outra boa oportunidade. O volante Souza driblou o goleiro rival e chutou. No entanto, Bem-Hur cortou de cabeça e garantiu o empate sem gols nos primeiros 45 minutos.

Na segunda etapa, a partida continuou aberta, mas as equipes continuaram falhando na pontaria. Tal conjuntura, porém, durou até os 30 minutos, quando o atacante Nunes recebeu com liberdade e não perdoou.

Dois minutos depois foi a vez de Geovane invadir a área e chutar forte para ampliar. Com a porteira aberta, Nunes deixou a marca mais uma vez aos 34 minutos.

O lampejo impressionante do São Caetano significou três pontos importantes. Além disso, foi um fôlego a mais aos comandados do treinador Márcio Araújo, que passarão o final de semana secando os concorrentes diretos.

FICHA TÉCNICA:
SÃO CAETANO 3 X 0 VILA NOVA

Estádio: Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP)
Data: 7 de outubro de 2011, sexta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Lúcio José Silva de Araújo (BA)
Auxiliares: Belmiro da Silva (BA) e Raimundo Carneiro de Oliveira (BA)
Cartões amarelos: Gabriel e Adilson (Vila Nova)

GOLS: SÃO CAETANO: Nunes, aos 30 e aos 34 minutos do segundo tempo; e Geovane, aos 32 minutos do segundo tempo

SÃO CAETANO: Luiz, Artur, Eli Sabiá, Preto Costa e Bruno Recife; Augusto Recife, Ricardo Conceição (Ailton) , Souza e Kléber (Révson); Ricardo Xavier (Geovane) e Nunes.
Técnico: Márcio Araújo.

VILA NOVA: Luis Cetin; Henrique, Ben-Hur (Augusto) e Gabriel (Túlio Souza); Jonh Lennon, Adilson, Vitor Rossini, David e Jorge Henrique; Wando e Leandro Cearense (Roni)
Técnico: Leonardo Souza.

Leia tudo sobre: série b 2011são caetanovila nova

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG