Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santos veta Ganso e Léo para o primeiro jogo da final

Os dois jogadores não enfrentam o Peñarol e sequer viajam com a delegação santista para a capital uruguaia

Samir Carvalho, iG Santos |

O Santos confirmou nesta segunda-feira o que todos esperavam: o meia Paulo Henrique Ganso e o lateral-esquerdo Léo não jogarão o primeiro jogo da final da Copa Libertadores da América, contra o Peñarol na próxima quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no estádio Centenário, no Uruguai.

Os dois jogadores, inclusive, não foram sequer relacionados para a viagem a Montevidéu. Léo sofreu uma lesão no tornozelo direito no jogo de ida contra o Cerro Porteño no Pacaembu. Já Ganso se recupera de lesão muscular na coxa direita, sofrida no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, diante do Corinthians, no dia 8 de maio.

Além de Ganso e Léo, o técnico Muricy Ramalho não contará com o lateral-direito Jonathan, que ainda não está recuperado de um estiramento na coxa direita, e com o zagueiro Edu Dracena, que foi expulso nos minutos finais do jogo contra o Cerro Porteño, em Assunção, no Paraguai.

Para a vaga de Dracena, o treinador já definiu Bruno Rodrigo como titular ao lado de Durval na zaga. Na lateral esquerda, Alex Sandro continua como titular, enquanto Elano será o armador das jogadas do Santos na ausência de Ganso.

Desta forma, o Santos deve entrar em campo com a seguinte escalação: Rafael; Pará, Bruno Rodrigo, Durval e Alex Sandro; Adriano, Danilo, Arouca e Elano; Neymar e Zé Eduardo.

Leia tudo sobre: SantosCopa Libertadores 2011Paulo Henrique GansoLeo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG