Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santos vence Dep. Táchira e garante classificação na Libertadores

Com tranquilidade, time abriu 2 a 0 com poucos minutos e presenteou torcida que lotou Pacaembu com 3 a 1

Paulo Passos e Samir Carvalho, iG São Paulo |

O Santos venceu o Deportivo Táchira por 3 a 1 nesta quarta-feira, no estádio do Pacaembu, pela última rodada do grupo 5 da Copa Libertadores da América. A vitória garantiu a equipe santista na próxima fase da competição.

Apoiado pelos torcedores que lotaram o Pacaembu, o Santos não teve dificuldades para conquistar o resultado. Em menos de 15 minutos de jogo, a equipe santista já tinha marcado dois gols. Neymar abriu o placar aos três minutos e Jonathan ampliou aos 13 minutos. Danilo fechou o marcador na segunda etapa.

Com a vitória contra o Táchira, o Santos terminou a fase de grupos na segunda colocação do grupo 5, com onze pontos ganhos. Isso porque, o Colo Colo perdeu para o Cerro Porteño por 3 a 2 nesta quarta-feira, no Chile. Desta forma, o Cerro terminou com o mesmo número de pontos que a equipe santista, mas ficou com a primeira colocação no saldo de gols: 5 contra 3.

Com mais de 36 mil pagantes, o Santos garantiu o maior público do Pacaembu nesta temporada. O recorde pertencia ao Corinthians. Em janeiro, a equipe de Parque São Jorge colocou 26.536 torcedores no empate sem gols com o Tolima, também pela Libertadores.

O torcedor santista chegou a ficar assustado por cerca três minutos. Isso porque o Táchira marcou um gol aos 23 minutos do segundo tempo e diminuiu o placar para 2 a 1. Como Colo Colo e Cerro Porteño empatavam por 2 a 2, o Santos poderia ser eliminado caso sofresse o empate no Pacaembu. No entanto, o volante Danilo marcou o terceiro gol do Santos e consolidou a classficação da equipe.

Após o duelo contra o Deportivo Táchira nesta quarta-feira, o Santos voltará a campo diante da Ponte Preta no próximo sábado, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, pelas quartas de finais do Campeonato Paulista. Já pela Libertadores, a equipe jogará na próxima semana, mas aguarda a definição do adversário.

O jogo
O Santos iniciou o jogo inflamado pela torcida que lotou o Pacaembu. Na saída de bola, a equipe santista quase abriu o marcador. Após boa jogada do lateral-esquerdo Léo, o volante Danilo recebeu a bola dentro da área e finalizou para boa defesa do goleiro Sanhouse. Não demorou muito para os santistas abrirem o marcador. Aos três minutos de jogo, Neymar chutou rasteiro e a bola desviou no zagueiro Rouga antes de balançar as redes.

Vulnerável na defesa, o Táchira chegou a assustar a torcida santista. Herrera arriscou um chute forte de fora da área e obrigou Rafael a fazer uma grande defesa, espalmando a bola para escanteio. No entanto, a equipe santista ampliou o marcador aos 13 minutos. Jonathan recebeu a bola dentro da área e chutou forte no alto para fazer o segundo gol do Santos.

No final da primeira etapa, o Santos quase marcou o terceiro gol. Após cobrança de falta de Elano, o zagueiro Durval cabeceou no chão e o goleiro Sunhouse espalmou nos pé de Edu Dracena, que chutou forte dentro da pequena área para outra defesa do goleiro venezuelano.

O Santos iniciou a segunda etapa sem a mesma determinação do primeiro tempo. A primeira jogada de perigo aconteceu apenas aos onze minutos. Jonathan recebe a bola sem marcação dentro da área, cruza para Zé Eduardo, que deixa passar para Neymar fazer o gol, porém a arbitragem marcou impedimento do camisa 11.

Aos 24 minutos, o Táchira diminuiu o marcador. Chácon cobrou a falta com perfeição e acertou o ângulo do goleiro Rafael. O resultado ameaçava a classificação santista, já que Colo Colo e Cerro empatava o jogo no Chile. Caso o Santos sofresse o empate, estaria eliminado na competição. No entanto, após boa jogada de Neymar, a bola sobrou para Danilo fazer o terceiro gol e garantir a vitória.

FICHA TÉCNICA - SANTOS 3 X 1 DEPORTIVO TÁCHIRA (VEN)

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 20/4/2011 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Nestor Pitana (ARG)
Auxiliares: Gustavo Esquivel e Diego Bonfa (ARG)
Público: 36.091
Renda: R$ 1.327.265
Cartões amarelos: Zafra, Chacón, Rouga, Fernandez e Yégues (Táchira)

Gols: Santos – Neymar aos três minutos e Jonathan aos 13 minutos do primeiro tempo, e Danilo aos 27 do segundo tempo. Táchira – Chacón aos 24 minutos

SANTOS: Rafael, Jonathan, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Danilo, Elano (Adriano) e Ganso (Pará); Neymar e Zé Eduardo (Maikon Leite). Técnico: Muricy Ramalho.

DEPORTIVO TÁCHIRA: Sanhouse, Moreno, Zafra e Rouga; Chacón, Yégues, Guerrero (Dell Vale) e Fernandéz; Hernandéz (Gutierrez); Greco (Parra) e Herrera. Técnico: Jorge Luis Pinto.

Leia tudo sobre: santoscopa libertadores 2011tachiravenezuelapacaembu

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG