Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santos vê boa evolução na recuperação de Ganso

Meia, que sofreu uma grave lesão em agosto, já vai começar uma nova fase na reabilitação e deve voltar a jogar com o time daqui a três meses

Agência Estado |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237859319011&_c_=MiGComponente_C

Depois de sofrer uma cirurgia no joelho esquerdo há cerca de três meses, o meia Paulo Henrique Ganso vem mostrando uma boa evolução no processo de recuperação. Na última quinta-feira, ele passou por uma avaliação com os médicos do Santos e foi liberado para iniciar uma nova fase na reabilitação. Assim, poderá fazer exercícios de musculação e deve voltar a correr em 15 dias.

Um dos destaques do Santos na conquista dos títulos do Paulistão e da Copa do Brasil, Ganso chegou até à seleção brasileira nesta temporada. Mas sofreu a grave lesão durante jogo contra o Grêmio, no dia 25 de agosto, pelo Brasileirão. E, mesmo com a boa recuperação feita até agora, a expectativa é de que ele fique mais três meses afastado do time.

Ganso, porém, tem um fiel companheiro nesse processo de recuperação, que tem lhe ajudado a superar o momento complicado. É o goleiro Felipe, que também passou por cirurgia no joelho há um mês. "Os dois jogadores estão em diferentes fases de recuperação, mas o convívio entre eles durante as sessões de fisioterapia e condicionamento físico tem sido importante. Um acaba incentivando o outro e o tratamento fica menos desgastante", disse o fisioterapeuta Avelino Buongermino.

"A gente nunca torce para que outro jogador esteja lesionado também. Mas ter a companhia do Felipe aqui tem sido um incentivo a mais, porque ficar somente fazendo fisioterapia é muito ruim para qualquer jogador. Tenho certeza que, no ano que vem, vamos estar recuperados e voltaremos a dar alegria para a torcida santista", afirmou Ganso.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG