Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santos tenta Dunga e ouve ¿não¿

Empresário revela que problema familiar levou o ex-comandante da seleção a negar o convite

Paulo Passos e Samir Carvalho, iG São Paulo |

Dunga, ex-comandante da seleção brasileira, foi procurado pelo Santos para assumir o time e disse “não” ao convite. O empresário do técnico, Antonio Caliendo, revelou ao iG que ele não pretende assumir nenhuma equipe devido a um problema de saúde do seu pai, que sofre do mal de Alzheimer. .

“Falei com o Dunga hoje (segunda-feira) de manhã e ele disse não. A proposta do Santos chegou há dois dias e era muito boa. Mas o Dunga não quer trabalhar porque está passando por um problema familiar”, disse ao iG Antonio Caliendo. O agente italiano trabalha com o técnico desde quando ele era jogador e foi atuar na Europa na década de 80.

As conversas entre o empresário do treinador e os santistas começaram antes mesmo da queda de Adilson Batista. No dia 19 de fevereiro, Caliendo esteve em São Paulo. Antes do clássico contra o Corinthians, que o Santos perdeu por 3 a1, o agente se reuniu com o advogado de Dunga, Juarez Rosa da Silva, e com integrantes do Grupo Guia (Gestão Unificada de Inteligência e Apoio ao Santos), que faz parte da atual direção do clube. Um dos encontros aconteceu em um restaurante no bairro Itaim, na capital paulista.

Segundo Caliendo, a primeira proposta feita para Dunga aconteceu no último sábado, dia em que o Santos empatou com o São Bernardo, na Vila Belmiro. A demissão de Adilson Batista ocorreu um dia depois, na tarde de domingo.

“Não existiu nenhum contato com treinadores enquanto o Adilson estava aqui. O primeiro contato foi o Abel ontem (domingo), a vinda dele está descartada”, afirmou o diretor de futebol do Santos, Pedro Luiz Nunes Conceição, em entrevista coletiva, nesta segunda-feira.

Apesar dele ter barrado Neymar e Paulo Henrique Ganso no Mundial da África do Sul, o nome de Dunga agrada a cúpula santistas. Tido como disciplinador, tem bom relacionamento com Elano, atual capitão da equipe do Santos.

Com Dunga, ele foi nome constante nas convocações e esteve na Copa América, em, na Copa das Confederações, em 2009, e no Mundial, quando só deixou o time devido a uma lesão

Sabendo das dificuldades para fechar com Dunga, a diretoria do Santos tentou a contratação de Abel Braga neste domingo, minutos depois da saída de Adilson Batista. No entanto, os dirigentes também receberam um “não” de Abel, já que o treinador alegou que cumprirá o contrato com o Al Jazira, dos Emirados Árabes, vigente até final de maio deste ano.

Desta forma, o clube começa a sonhar com a vinda de Ney Franco, que comanda a seleção brasileira sub 20.

Parado desde a Copa

Parado desde a queda da seleção brasileira na Copa, o treinador hoje vive entre Porto Alegre e Ijuí. É na sua cidade, no interior do Rio Grande do Sul, onde vive Edelceu Verri, pai do técnico. Há oito anos, ele sofre do mal de Alzheimer.

Durante a Copa do Mundo, Dunga chegou a citar o momento difícil que vive o pai. ¨Não é a primeira vez que ele está nesta situação desde que cheguei à seleção brasileira, aliás há muito mais tempo que ele vem sofrendo. E para mim é só mais uma oportunidade para mostrar ao meu pai tudo que ele me ensinou¨, afirmou o técnico após o empate contra Portugal, na primeira fase da Copa do Mundo.
 

Leia tudo sobre: SantosDungaseleção brasileira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG