Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santos recebe Juan Aurich para liderar grupo e encaminhar vaga

Empate do Inter contra o The Strongest abriu a oportunidade de o Santos passar à frente e ficar no topo do Grupo A

Gazeta |

Após derrotar o Internacional-RS, na Vila Belmiro, e o Juan Aurich, em Chiclayo (Peru), o Santos tem a chance de liderar a sua chave e se aproximar da classificação para o mata-mata da Copa Libertadores da América nesta rodada da fase de grupos da competição. Para isso, os santistas precisam bater novamente os peruanos, em duelo marcado para esta quinta-feira, às 22 horas (horário de Brasília), no Pacaembu.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Gazeta Press
Neymar se machucou durante treinamento na quarta-feira, mas não deve ser problema contra o Juan Aurich

Mas o técnico Muricy Ramalho, não espera que o seu time tenha facilidade para construir mais um resultado positivo na Libertadores, diante do Juan Aurich, lanterna do grupo 1, sem nenhum ponto conquistado até o momento.

"O Juan Aurich é uma equipe perigosa e bem treinada. No futebol, você não pode se prender a uma vitória conquistada no jogo passado. Por isso, temos que respeitá-los, jogando em casa. O apoio do nosso torcedor é muito importante. Precisamos atuar com força e atenção durante todo o tempo, se quisermos superar mais uma vez o nosso adversário", analisou Muricy.

Confira ainda: Neymar torce o tornozelo e sai chorando de treino do Santos

Para esse compromisso, o treinador alvinegro deve contar com a sua força máxima. O volante Henrique, que era dúvida, se recuperou de uma torção no "dedão" do pé esquerdo, e foi liberado pelo departamento médico do clube. O atacante Neymar, que deu um susto ao sofrer uma entorse no tornozelo esquerdo, no treino desta quarta, no CT Rei Pelé, não é problema e está confirmado contra o Ciclón.

AE
Muricy Ramalho preferiu não falar em goleada contra o Juan Aurich
E, mesmo com time completo, Muricy Ramalho não pensa em goleada para melhorar o saldo de gols do Santos, e faz planos apenas para a conquista de mais uma vitória da sua equipe, dando um passo importante para a classificação a próxima fase. "Não sou ‘menino’ e falar qualquer coisa aqui. No Peru se criou um clima em cima de algo que eu não disse, inventado por um engraçadinho, de que eles eram os mais fracos do grupo. Não foi fácil ganhar deles lá, como não será vencer aqui. Eles vão vir fechados. Temos que encaixar um bom jogo novamente", destacou.

O Juan Aurich, do técnico colombiano Diego Edisón Umanã, tem alguns problemas para definir a escalação que vai campo perante os santistas. O goleiro Penny e o zagueiro Guadalupe, expulso no confronto de quinta passada, não poderão atuar contra os santistas. Além deles, os reservas William Chiroque e o colombiano Julio Caicedo, contundidos, não viajaram ao Brasil.

E mais: Edu Dracena aprova disputa de jogo do Santos no Pacaembu

No lugar de Penny, Drago deve ir para o gol do time peruano. Já na defesa, sem o capitão Guadalupe, Umaña deve escolher Contreras como o substituto que irá encarar o Santos de Ganso, Neymar e companhia.

E, mesmo com os desfalques e o reconhecimento da qualidade do Peixe, o Ciclón espera surpreender os santistas no Pacaembu. "Confio na nossa equipe e vamos procurar jogar da melhor maneira possível diante do Santos, que é um grande oponente. Vamos precisar atuar com muita atitude para conseguirmos uma vitória contra eles", discursou Umaña, cujo cargo está ameaçado, de acordo com a imprensa peruana, mas segue no comando do Juan Aurich.

FICHA TÉCNICA
SANTOS X JUAN AURICH-PER

Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 22 de março de 2012, quinta-feira
Horário: 22 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Patrício Loustau (Argentina)
Assistentes: Diego Bonfa e Javier Uziga (ambos da Argentina)

SANTOS: Rafael; Fucile, Edu Dracena, Durval e Juan; Henrique, Arouca, Ibson e Paulo Henrique Ganso; Neymar e Borges
Técnico: Muricy Ramalho

JUAN AURICH-PER: Drago; Guizasola, Contreras, Fleitas e Quina; Rojas, Valencia, Cueto e Kahn; Zuñiga e Luis Tejada
Técnico: Diego Edisón Umaña

Leia tudo sobre: libertadores 2012santosjuan aurichneymar

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG