Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santos prioriza base campeã e atrela reforços à saída de jogadores

iG apurou que Muricy Ramalho está irritado com o critério da diretoria para fechar contratações

Samir Carvalho, iG Santos |

A preocupação do técnico Muricy Ramalho em relação à chegada de reforços aumenta a cada dia. Isso porque, a diretoria do Santos , além de priorizar a base da equipe que conquistou o Campeonato Paulista e a Copa Libertadores da América, só pretende trazer reforços para a vaga dos jogadores que deixarem o clube.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e convide os amigos

Futura Press
Muricy Ramalho aguarda a contratação de reforços para a sequência desta temporada

No entanto, o iG apurou que Muricy Ramalho está irritado coma postura dos dirigentes, pois não gostou da diretoria atrelar os reforços à saída de jogadores. O treinador alegou que as negociações envolvendo os atletas do Santos correm o risco de virarem uma “novela”.

Siga o iG Santos no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Desta forma, Muricy já avisou que caso o clube espere o término da janela internacional, ficará difícil para contratar dentro do mercado brasileiro, já que a maioria dos jogadores já terá atingido o limite de seis jogos em seus clubes na competição nacional.

“Uma coisa depende da outra, esse é o problema nosso. Temos o fator seis jogos no Brasileiro, a janela internacional. A gente depende se os jogadores vão permanecer ou não. Se a gente contratar agora e os jogadores não saem, ficamos com excesso de jogadores. Se sai e a gente não contrata faz falta. A coisa não está fácil”, reclamou Muricy.

A política da diretoria santista é comprovada pelos jogadores que o Santos inicia as negociações. Como a saída de Jonathan para a Inter de Milão, da Itália , está bem próxima, o clube já fez uma consulta pelo lateral-direito Jonas, do Coritiba. Para a vaga de Danilo, caso o atleta force sua saída do Santos, Zé Roberto é o nome preferido.

Como as negociações com Diego não evoluíram devido os valores financeiros, a diretoria santista procurar acertar por empréstimo a contratação do meia Clayton Xavier, que atua no Metalist Kharviv-UCR, e já trabalhou com Muricy Ramalho no Internacional e Palmeiras. A ideia é trazer o jogador para suprir a ausência de Paulo Henrique Ganso em caso de convocações para a seleção brasileira, e até uma possível saída do camisa 10.

“O problema é que ninguém garante nada. Nós sabemos de uma coisa, os jogadores do Santos estão valorizados, e os times estão fazendo consultas aos nossos atletas. Não sabemos qual time teremos no final do ano”, disse o treinador.

 


 

Leia tudo sobre: santosmuricy ramalhobrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG