Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santos planeja festa para comemorar octa

"Os heróis do título vão desfilar por toda cidade em carro aberto", sfirmou o presidente do clube

Gazeta |

Nesta quinta-feira, o Santos homenageou os jogadores que participaram dos seis primeiros títulos nacionais da equipe, que foram oficializados pela CBF na quarta. Com a presença do presidente Luiz Álvaro de Oliveira e dos ex-jogadores Pepe e Lima, que participaram das conquistas, o Peixe já está planejando uma festa para o final de janeiro para comemorar a oficialização do, agora, octacampeonato nacional.

"Estou aqui para agradecer a esses dois craques que estão do meu lado por tudo o que fizeram pelo Santos. Eles estão representando todos os outros que levaram nossa equipe a ser o time de futebol mais importante do mundo, e ouso dizer que da história. Naquele tempo, éramos como uma orquestra sinfônica tocando Beethoven. Hoje, os meus meninos são como os Beatles. O mais importante é que a música é sempre de qualidade", classificou o comandante do Peixe.

O presidente, inclusive, afirmou que pretende fazer uma festa no dia do duelo com o São Paulo, no dia 30 de janeiro. "Os heróis do título vão desfilar por toda cidade em carro aberto", garantiu o mandatário, que também aproveitou para cutucar os rivais paulistas.

"O marketing está desenvolvendo uma camisa comemorativa ao octacampeonato, com oito estrelas, para que são-paulinos, palmeirenses e corintianos possam nos reverenciar", afirmou, esquecendo que o Palmeiras também chegou a oito títulos nacionais depois da unificação.

"Só acho que os jogadores terão de engordar um pouco, pois novas estrelas virão", completou.

Os homenageados, Pepe e Lima, também se mostraram muito alegres com a "conquista". "É difícil expressar a alegria que eu estou sentindo. Foi feita justiça, pois conquistamos isto no campo", declarou Pepe.

Já Lima preferiu lembrar que não é agora que ele conquistou o Brasileirão. "Sempre fui campeão brasileiro. Comemorei na época e vou comemorar de novo, pois foi uma conquista incontestável", disse.

Leia tudo sobre: SantosCampeonato Brasileiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG