Em comunicado divulgado em seu site, o Santos oficializou na tarde desta segunda-feira os dois negócios

selo

Em comunicado divulgado em seu site, o Santos oficializou na tarde desta segunda-feira a contratação do lateral-direito Jonathan e do volante Charles. Os dois reforços foram pedidos pelo novo técnico santista, Adílson Batista, que já trabalhou com eles no Cruzeiro.

A diretoria santista já havia confirmado nos últimos dias que negociava com os dois jogadores, mas a contratação só foi oficializada nesta segunda-feira. Antes deles, o Santos tinha acertado com outros três reforços para 2011: o goleiro Aranha e os meias Elano e Vitor Hugo.

No caso de Jonathan, o Santos desembolsou 1,2 milhão de euros e ainda contou com outros 800 mil euros da Teisa, empresa formada por empresários santistas, para ficar com 50% dos direitos econômicos do jogador - a outra metade segue nas mãos do Cruzeiro, onde ele estava desde o começo da carreira.

Aos 24 anos, Jonathan assinará um contrato de quatro anos com o Santos na quarta-feira, quando faz os exames médicos. Segundo a diretoria santista, a multa rescisória do contrato do lateral passou a ser de 15 milhões de euros, sendo que ele só poderá ser negociado com o exterior a partir de 2012.

Para ficar com Charles, o Santos conseguiu o empréstimo de um ano do Lokomotiv Moscou, da Rússia. O valor da transação pode ficar entre US$ 90 mil e US$ 200 mil, dependendo de quando o volante de 25 anos se recuperar de recente cirurgia no joelho esquerdo e puder voltar a jogar.

Jonathan deixou o Cruzeiro para trabalhar com Adilson no Santos
Vipcomm
Jonathan deixou o Cruzeiro para trabalhar com Adilson no Santos

Por causa da cirurgia, o Santos relutou em contratar Charles, mas acabou atendendo ao pedido de Adílson Batista. De acordo com os exames já realizados pelos médicos santistas, ele deve voltar aos gramados no final de fevereiro ou apenas no início de março.

Assim como Jonathan, Charles foi revelado pelo Cruzeiro, onde trabalhou com Adílson Batista na temporada de 2008. Naquele mesmo ano, o volante foi negociado com o Lokomotiv Moscou, voltando agora para o futebol brasileiro, para vestir a camisa do Santos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.