Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santos nega saída de Dracena, mas não descarta negociar zagueiro

Segundo diretor de futebol, o time da Vila ainda não recebeu nenhuma proposta efetiva pelo jogador

Gazeta |

Capitão do Santos, o zagueiro Edu Dracena tem sido ligado a uma possível transferência para o Corinthians nos últimos dias. Por isso, devido aos recentes rumores de uma eventual negociação, o Peixe teve uma reunião nesta quarta-feira com o defensor e o seu empresário, Renato Abonízio, em que os santistas garantiram ter servido para que ambos reafirmassem o compromisso de Dracena em continuar na Vila Belmiro nesta temporada.

"A reunião foi, especificamente, para reiterar a vontade do jogador em permanecer conosco, principalmente frente as últimas especulações que dariam conta de uma possível transferência para o Corinthians. E até o momento, assim como já havia sido dito na terça, o Santos não recebeu efetivamente nenhuma proposta, seja do Corinthians ou de qualquer outro clube, pelo atleta", afirmou o diretor de futebol do clube, Pedro Luiz Nunes Conceição.

No entanto, o dirigente não descartou uma possível negociação de Edu Dracena. Segundo Nunes Conceição, a cúpula santista pode estudar o caso se uma oferta chegar ao clube. Vale lembrar que a multa rescisória do zagueiro para o futebol brasileiro é de R$ 70 milhões. Para o exterior, a multa de Dracena está avaliada em 2 milhões de euros.

"O Edu Dracena não é inegociável. Se o Corinthians nos procurar oficialmente, com uma proposta em mãos, podemos sentar podemos e abrir negociação. Nenhum atleta nosso é inegociável", ponderou.

Indagado se esse interesse do Timão na contratação de Dracena poderia fazer com que o Santos apresentasse uma proposta de aumento salarial e tentasse prorrogar o contrato do atleta, que vence no final de 2012, Pedro Luiz Nunes Conceição minimizou essa hipótese.

"Essa é uma questão interna, que não vamos discutir via imprensa. Entretanto, não creio que devemos discutir, no momento, aumento salarial para esse jogador ou qualquer outro jogador", encerrou o dirigente.

Leia tudo sobre: santosedu dracenamercado

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG