Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santos nega obsessão pela Copa Libertadores da América em 2011

Temendo cobranças aos jovens talentos, santistas não querem dar importância excessiva a Libertadores

Samir Carvalho, iG Santos |

undefined
Elano utiliza o mesmo discurso dos dirigentes santistas, e descarta fazer da Libertadores uma obsessão
O Santos não pretende colocar uma responsabilidade exagerada nas costas de seus jovens talentos, e começa o ano de 2011 com uma estratégia para vencer a Copa Libertadores da América. A ideia é não tratar a competição continental como uma obsessão.

Sendo assim, o clube utiliza o discurso que a Libertadores será apenas mais um dos três títulos (Libertadores, Campeonato Paulista e Campeonato Brasileiro) que a equipe vai disputar nesta temporada.

"Não vamos fazer da Libertadores uma obsessão. O nosso primeiro objetivo é ser bi paulista e só depois, no momento certo, pensaremos nas demais competições. O elenco será fortalecido para toda a temporada e não visando especificamente a conquista da Libertadores", afirmou o diretor de futebol do Santos, Pedro Luís Nunes Conceição, no final de 2010.

Além de utilizar o discurso de não dar uma importância excessiva para a Libertadores, a diretoria santista contratou um jogador experiente para ajudar os mais jovens a disputar a competição. Trata-se do meia Elano, que foi titular da seleção brasileira na última Copa do Mundo, disputada na África do Sul.

Elano chegou perto do título da Libertadores em 2003, em sua primeira passagem pelo Santos. O atleta fez parte do time perdeu os dois jogos da final contra o Boca Juniors, da Argentina. Desta forma, o experiente meia valoriza a importância de conquistar o título continental, mas utiliza o mesmo discurso dos dirigentes, e descarta fazer da Libertadores uma obsessão.

“O primeiro objetivo é o Campeonato Paulista, a Libertadores vem depois. Quero me apresentar e me preparar. A Libertadores faz parte dos planos, é um sonho nosso, assim como o Mundial. A preparação será importante para isso”, disse Elano em sua chegada ao clube.

 

 

 

 

 


 

Leia tudo sobre: santoselanocopa libertadores da américa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG