Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santos mandará segundo jogo da final do Paulistão na Vila Belmiro

Definição do local das partidas da decisão saiu após reunião na sede da Federação Paulista de Futebol

Bruno Winckler, iG São Paulo |

O Santos fará o segundo jogo da final do Campeonato Paulista contra o Corinthians em seu estádio, a Vila Belmiro. A definição ocorreu nesta segunda-feira, após reunião entre os dirigentes dos dois clubes na FPF (Federação Paulista de Futebol). O primeiro jogo será disputado no Pacaembu, domingo, dia 8, às 16 horas e o segundo jogo será na Vila Belmiro, dia 15, no mesmo horário.

Por ter feito melhor campanha do que o rival (44 pontos contra 42, considerados os resultados da primeira fase, quartas de final e semifinal), o Santos levou a vantagem de mandar o segundo jogo em seu estádio. Boa parte desta vantagem foi garantida após a vitória santista sobre o São Paulo, por 2 a 0 , enquanto o Corinthians acabou empatando com o Palmeiras em 1 a 1 , garantindo a vaga na decisão nos pênaltis.

Não há vantagem de empate na final. Se  os dois times empatarem em pontos ganhos e saldo de gols ao final dos dois jogos, o campeão será conhecido após disputa de pênaltis.

Em relação à arbitragem para as finais, ficou definido que irão a sorteio os nomes de Wilson Seneme, Marcelo Aparecido, Luís Flávio de Oliveira e Cléber Wellington Abade. O sorteio ocorrerá nesta quinta-feira, às 14h, na sede da FPF. O presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliviera Ribeiro, disse que pretende convidar um torcedor de Corinthians e outro do Santos para participarem do sorteio.

As rendas das duas partidas serão divididas meio a meio. "Aqui no Pacaembu, vou ter 50% e o Santos 50% da renda tiradas as despesas, e na Vila Belmiro idem", disse o presidente Andrés Sanchez, do Corinthians. Assim como nas semifinais, o mandante terá 95% dos ingressos restando 5% aos visitantes.

Antes da coletiva na sede da Federação, Sanchez brincou com o colega santista, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro. "O Santos é favorito. Eu sou coadjuvante", disse Sanchez, em tom de brincadeira. O santista rebateu, usando o hino do Santos para provocar. "Vou passar a bola para o Andrés, afinal, agora quem dá bola é o Santos", disse Luis Alvaro, passando a bola dourada especialmente desenhada para as finais para o mandatário corintiano.

 

Leia tudo sobre: SantosCorinthiansCampeonato Paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG