Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santos joga duro e pede lateral uruguaio em troca de Danilo

Porto ameaça ir à Fifa contra clube brasileiro, que vê oportunidade para resolver problema na lateral direita

Samir Carvalho, iG Santos |

Reuters
O Porto ameaça entrar na Fifa contra o Santos, porque o time da baixada está emperrando a liberação do lateral Danilo
A novela Danilo, Santos e Porto não terminou. O iG apurou que o clube português ameaça entrar na Fifa caso não consiga a liberação do atleta até a próxima sexta-feira. O Porto pagou à vista 13 milhões de euros (R$ 29,8 milhões) pela contratação. Porém, não consegue registrar o lateral porque a diretoria santista não aceita liberar o documento de transferência do jogador.

Leia mais: Muricy interrompe férias por reforços e analisa treino dos reservas

Para liberar Danilo, o Santos exige o empréstimo sem custos do lateral-direito uruguaio Fucile, que não está satisfeito no clube português porque amargou a reserva na temporada passada. A diretoria santista alega que está com dificuldades para contratar um atleta da posição no Brasil, e pressiona o Porto a emprestar o uruguaio.

Veja ainda: Meninos da Vila desafiam desprezo de Muricy pela base

Os dirigentes santistas reforçam que existe uma cláusula contratual que obriga Danilo a permanecer no Santos até julho deste ano. O Porto lembra, no entanto, que o retorno ao Santos só terá validade se Danilo for registrado no clube português e emprestado ao Santos. Além disso, o atleta precisa concordar em voltar para o Brasil.

O iG apurou que Danilo entrou em contato com o Santos nesta quarta-feira para pedir a liberação e não aceita retornar para o time da Vila Belmiro. O atleta está revoltado com a atitude do presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro.

E mais: Santos e Palmeiras jogarão clássico em Presidente Prudente

Na conversa com os dirigentes santistas, o lateral declarou que não voltará ao clube, pois considera que foi tratado com falta de respeito pelo mandatário. Danilo alega que sua família já está hospedada em Portugal, e que viajou a Europa com o aval da diretoria santista.

No início deste ano, o Santos ameaçou não liberar Danilo, pois o Porto não havia depositado uma parcela do pagamento do lateral-esquerdo Alex Sandro, outro jogador negociado com o clube português na temporada passada. Porém, o valor foi quitado e os dirigentes santistas haviam desistido de brigar.

No entanto, o clube fracassou na contratação do lateral-direito Jonas, do Coritiba, e voltou a ameaçar o Porto.
 

Leia tudo sobre: SantosDaniloPortoPortugalmercado da bolaFucilefutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG