Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santos fracassa no retorno de ídolos e não sai do zero em reforços

Além de não trazer Robinho, Diego e Zé Roberto, clube não consegue contratar um lateral no mercado

Samir Carvalho, iG Santos |

Antes do término de 2011, o presidente do Santos , Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, prometia muitos reforços para esta temporada, ano em que o clube comemora seu centenário. Entre eles, a promessa do retorno de grandes ídolos santistas, como Robinho , Diego e Zé Roberto .

Entretanto, além do fracasso nas tentativas de repatriar os ex-atletas, os dirigentes santistas não conseguiram fechar uma contratação para esta temporada. A política do clube foi alterada em 2012, e a ordem é não fazer loucuras em transações de jogadores.

O Santos já fracassou em três contratações nesta temporada: Jonas , do Coritiba , Kleber , do Internacional , e Gerson Magrão, do Dínamo de Kiev, da Ucrânia. Os três negócios não foram viabilizados devido à questão financeira.

Luís Álvaro não esconde que a verba utilizada para manter Neymar até 2014 influenciou na nova política do clube. Na temporada passada, o Santos investiu alto para reforçar o elenco. As contratações de Ibson e Henrique , inclusive, geraram polêmicas entre os dirigentes santistas, que não ficaram satisfeitos com o custo beneficio.

Ibson foi a contratação mais cara da história do Santos , já que o clube desembolsou R$ 9 milhões ao Spartak de Moscou, da Rússia. Já Henrique custou cerca de R$ 7 milhões por 60% dos direitos do volante. A Teisa, investidores do clube, pagaram R$ 2,2 milhões por mais 20%.

Apesar dos problemas financeiros em 2012, o clube busca no mercado a contratação de laterais. No desespero, a diretoria santista não libera o documento de transferência do lateral-direito Danilo para o Porto, de Portugal. O clube segura o CIT (Certificado Internacional de Transferência).

Em troca da liberação, o Santos chegou a pedir o empréstimo sem custos do lateral-direito uruguaio, Fucile, que não está sendo aproveitado no clube português. O iG apurou que a tentativa de contratar Fucile foi uma estratégia da diretoria e não teve o aval do técnico Muricy Ramalho.

 

 

 

Leia tudo sobre: santosluis alvarozé robertodiegorobinhofucileklebergerson magrãojonas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG