Muricy modificou cronograma e transferiu as atividades para o mesmo horário do jogo de estreia no Mundial

O elenco do Santos realizou o segundo treino em território japonês. No entanto, foi a primeira vez que os atletas tiveram que encarar o frio em Nagoya, onde a equipe realiza os treinamentos para o Mundial de Clubes da Fifa . O técnico Muricy Ramalho modificou o cronograma de treinos para os atletas se adaptarem a baixa temperatura no Japão.

Leia mais: Atletas do Santos se perdem e correm nas ruas de Nagoya

“Aqui não está complicado só se adaptar ao fuso. Nós não temos o costume desse frio e precisamos realmente passar por isso nos treinamentos. Não está sendo tão doloroso assim, estamos conseguindo superar”, afirmou Danilo.

Confira ainda: Neymar discorda de Pelé e diz que Messi é o melhor do mundo

O Santos treinou nesta sexta-feira por volta das 19h30 (horário local e 9h30 horário de Brasília). A temperatura chegou a 5º graus. A ideia foi iniciar a atividade no mesmo horário da estreia santista no Mundial , diante do vencedor de Kashiwa Reysol e Monterrey, do México, que jogam neste domingo, em Toyota.

E mais: Muricy desafia Guardiola: "Só tira 10 se for campeão no Brasil"

Muricy modificou o cronograma após ficar assustado com frio na partida entre Auckland City, da Nova Zelândia, e Kashiwa na última quinta-feira. A temperatura chegou a 3º no estádio, e obrigou o treinador a abandonar o local no início do segundo tempo.

Veja a tabela do Mundial de Clubes

“Está muito frio mesmo, impressionante. Só que a gente coloca um gorro, luva, tudo que for para ajudar”, disse Henrique.

O treinamento do Santos iniciou com atividades físicas comandadas pelo preparador Ricardo Rosa. Em seguida, Muricy optou por treinar as “bolas paradas”. Os atletas praticaram cruzamento e faltas.

Neymar na coletiva do Santos no Mundial de Clubes da Fifa
AP
Neymar na coletiva do Santos no Mundial de Clubes da Fifa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.