Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santos faz mistério sobre Maikon Leite, e Palmeiras fica de olho

Atacante tem contrato com a equipe da Vila Belmiro até julho, e vínculo não deve ser renovado. Jogador é um dos reforços esperados pelo técnico Luiz Felipe Scolari

Gazeta Esportiva |

Na busca por reforços para a disputa da Copa Libertadores da América de 2011, o Santos teria a chance de resgatar um jogador que fez sucesso no Brasileirão: o atacante Maikon Leite. Todavia, o atleta ainda não está com o retorno assegurado para a Vila Belmiro.

"Teremos uma reunião com o nosso novo treinador, o Adilson Batista, para analisar a questão daqueles que estão voltando. Esse encontro vai acontecer depois da última rodada do Campeonato Brasileiro. É uma situação interna que vamos decidir", destacou o gerente de futebol do clube, Paulo Jamelli.

Maikon Leite foi um dos destaques da boa campanha do Atlético-PR no torneio nacional. Veloz e driblador, o atacante despertou a atenção do técnico Luiz Felipe Scolari, que busca um jogador rápido para o setor ofensivo do Palmeiras.

"Por enquanto, posso dizer que não conversei com ninguém do Palmeiras sobre esse jogador, mas não sei se houve um contato com o nosso presidente (Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro)", disse Jamelli. A relação entre Palmeiras e Santos é considerada boa. Aliás, o presidente do clube do Palestra Itália, Luiz Gonzaga Belluzzo, foi colega de colégio do próprio Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro.

Maikon Leite tem contrato no Santos até junho de 2011. Contudo, a equipe da Vila Belmiro considera difícil prolongar o contrato em função de alguns problemas de relacionamento que envolvem os representantes do atleta. A confusão pode ajudar em uma transferência para o rival paulista.

"É complicada uma renovação porque há um certo imbróglio envolvendo a divisão dos direitos dele (apenas 20% pertence ao Santos), então acho que poderíamos usar esse jogador no máximo até junho mesmo", afirmou Jamelli.

Além de Maikon Leite, o Palmeiras já confirmou o interesse em outros nomes para 2010: Chico, do Atlético-PR, além de Pedro Ken, do Cruzeiro, e Neto Berola, do Atlético-MG, que são ligados à Traffic. Para completar, Felipão também fez uma consulta ao centroavante Adriano, da Roma, da Itália.

Leia tudo sobre: mercado da bolapalmeirassantos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG