Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santos esconde, mas Ganso ficará 45 dias fora por lesão

Exame de ressonância magnética detecta lesão de grau 2 no músculo posterior da coxa esquerda do meia

Samir Carvalho, iG Santos |

O meia Paulo Henrique Ganso realizou um exame de ressonância magnética, que detectou uma lesão de grau 2 no músculo posterior da coxa esquerda do atleta. Por determinação do técnico Muricy Ramalho, o clube não divulgará a previsão de retorno aos gramados do camisa 10.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

Ganso sentiu dores na coxa no amistoso da seleção brasileira contra Gana, na última segunda-feira, em Londres. Na ocasião, o meia foi substituído com oito minutos de jogo.

Pela gravidade da lesão, Ganso deve ficar mais de 30 dias fora dos gramados. Em maio deste ano, o camisa 10 do Santos sofreu uma lesão de grau 2 no músculo posterior da coxa direita e ficou afastado por cerca de 45 dias.

Siga o Twitter do iG Santos e receba as notícias do seu time em tempo real

Muricy proibiu divulgar os prazos de retornos dos atletas que estão no departamento médico. Além de Ganso, o clube utilizou o mesmo procedimento em relação às lesões de Pará, Arouca e Ibson.

Além dos quatro jogadores que não atuaram contra o Avaí, Muricy Ramalho pode perder mais atletas para o duelo contra o Cruzeiro no próximo sábado, na Vila Belmiro, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Isso porque, Elano e Henrique deixaram o campo sentindo dores e realizarão exames nesta sexta-feira. O primeiro sentiu dores na coxa esquerda e Henrique sofreu uma pancada no joelho esquerdo.

 

 

Leia tudo sobre: santosgansoelanomuricy ramalhobrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG