A ideia dos técnicos Muricy Ramalho e Marcelo Oliveira é entrar em campo com três volantes de marcação

Apesar de o Santos estar “beirando” a zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, com 15 pontos, na 16ª colocação, o técnico Muricy Ramalho não deve mexer na escalação da equipe para o duelo contra o Coritiba , nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Muricy torce para Arouca não ser vetado pelos médicos para manter esquema com três volantes
AP
Muricy torce para Arouca não ser vetado pelos médicos para manter esquema com três volantes

Desta forma, o treinador manterá o esquema cauteloso, atuando com três volantes no meio-campo. Entretanto, o treinador deve enfrentar um adversário que atuará no mesmo esquema tático, e priorizando a cautela na Vila.

Para o duelo contra o Coritiba, o técnico Muricy Ramalho tem problemas para definir o time. Ibson, que sofreu uma lesão muscular na coxa direita, e já desfalcou a equipe contra o Atlético-GO, continua vetado pelo departamento médico. Além dele, Elano sofreu entorse no tornozelo esquerdo e também não joga.

Se não bastasse, o volante Arouca deixou o treino recreativo da última terça-feira, no CT Rei Pelé, sentindo uma lesão no tornozelo esquerdo. O jogador levou uma pancada do volante Adriano durante o “rachão”, e deixa ameaçado o esquema cauteloso de Muricy.

Siga o Twitter do iG Santos e receba as notícias do time em tempo real

Por outro lado, o treinador contará com o retorno do zagueiro Edu Dracena, que cumpriu suspensão automática contra o Atlético-GO. O capitão santista volta ao time na vaga de Bruno Rodrigo.

Caso Arouca seja vetado pelos médicos, o treinador pode escalar Diogo no meio-campo e jogar com dois volantes (Adriano e Henrique) e dois meias de criação (Diogo e Ganso). Outra opção é colocar o volante Rodrigo Possebon e manter o esquema com três volantes, utilizado contra o Atlético-GO no último sábado.

No Coritiba, o técnico Marcelo Oliveira prefere não confirmar oficialmente o time para o jogo. Apesar disso, a tendência é de que ele arme a equipe com três volantes. Com isso, Léo Gago volta ao time titular no lugar de Anderson Aquino, atuando ao lado de Leandro Donizete e Tcheco.

Outra mudança na equipe é a entrada de Marcos Aurélio no lugar de Everton Costa, titular contra o Atlético-MG, que será poupado para fazer um trabalho de fortalecimento muscular.

"Como técnico eu tenho que avaliar todos os aspectos. O Éverton é um jogador que marca e o Rafinha é um jogador que marca. E agora nós temos outras opções, com o Marcos Aurélio, o Geraldo e o próprio Everton Ribeiro, então nós temos que analisar todas as situações", explicou.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e convide seus amigos

Mesmo com equipe mais cautelosa e com ambição de somar pontos fora de casa para melhorar o aproveitamento de 19% como visitante, o técnico Marcelo Oliveira acredita no poder ofensivo da sua equipe.

“Pode ter certeza que eles vão vir pra cima. Temos de ter o cuidado, mas também a ambição de pontuar fora. Não precisamos temer ninguém”, prometeu. “Não tem mistério. Temos de ter um time forte, que marque bem, mas que ataque sempre. Essa é a filosofia”, acrescentou Oliveira.

A equipe vem de uma vitória sobre o Galo, por 3 a 0, no Couto Pereira, que deixou o time na décima colocação com 21 pontos. Depois de enfrentar o Santos, o Coritiba ainda vai enfrentar o Avaí fora de casa, antes do clássico Atletiba, em seus domínios.

FICHA TÉCNICA – SANTOS X CORITIBA

Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data/hora: 16/8/2011 - 21h50
Árbitro: Antonio F. de Carvalho Schneider (RJ)
Auxiliares: Wagner de Almeidas Santos(RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ)

SANTOS: Rafael, Pará, Edu Dracena, Durval, Léo; Adriano, Henrique, Arouca (Diogo), Ganso; Neymar e Borges. Técnico: Muricy Ramalho.

CORITIBA: Edson Bastos; Jonas, Jeci, Emerson e Lucas Mendes; Leandro Donizete, Léo Gago, Tcheco, Rafinha e Marcos Aurélio; Bill.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.