Pelo título paulista, equipes esperam marcar gols e lutar contra fama de retranqueiros dos técnicos

Após o empate sem gols no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista na semana passada, Santos e Corinthians precisam balançar as redes para definir o campeão estadual, neste domingo, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro. No entanto, as duas equipes terão que lutar contra a fama de seus treinadores na decisão. Isso porque, Muricy Ramalho e Tite ganharam o rótulo de treinadores retranqueiros durante a carreira.

Por coincidência, Tite e Muricy tem a mesma média de gols marcados – 1,3 gols – nesta temporada sob os comandos de Corinthians e Santos, respectivamente. Após a chegada de Muricy, a equipe santista marcou 13 gols em dez jogos. Já a equipe de Parque São Jorge marcou 33 gols em 24 jogos.

Apesar de o Santos estar invicto e ter sofrido apenas dois gols com Muricy Ramalho no comando, a média de gols caiu do time da Vila Belmiro diminuiu, fazendo jus a fama do treinador. Antes da chegada de Muricy, a média do Santos era de 2,4 nesta temporada. O Santos havia marcado 43 gols em 21 jogos.

Para a decisão contra o Corinthians, o técnico Muricy Ramalho já definiu a equipe titular. A única novidade em relação ao time que início o duelo contra o Once Caldas na última quarta-feira será a entrada do volante Arouca na vaga de Danilo, que está suspenso e não joga neste domingo. Alan Patrick continuará como titular na vaga de Paulo Henrique Ganso, que sofreu uma contratura muscular na coxa direita.

Tite tem média de 1,3 gols no Corinthians
Gazeta Press
Tite tem média de 1,3 gols no Corinthians
O Corinthians vai a Vila Belmiro com a proposta de repetir a atuação que desempenhou no primeiro jogo da final no Pacaembu. Tite disse que seria "burro e covarde" se fizesse qualquer alteração na equipe que segundo ele tem jogado bem. "Vamos jogar como viemos jogando. Não acredito em ficar só atrás e explorar a situação do contra-ataque. Temos que agredir e buscar o gol".

"Eu acho que se um treinador muda a característica do seu time ele é burro ou covarde. Não vou mudar a característica de uma equipe que jogando cinco clássicos perdeu um. A equipe precisa jogar dentro e fora de casa com a mesma atitude e precisa ter maturidade para enfrentar a adversidade que teremos na Vila".

Tite não fará mudanças na estrutura da equipe que empatou com o Santos na primeira partida. A única alteração será a volta de Alessandro na lateral-direita após cumprir suspensão. Wallace volta para o banco. No ataque, Dentinho continua sendo parceiro de Liedson.

O técnico diz que não vai temer o Santos, mas durante a semana fez treinamentos específicos para se preparar para jogar na retranca. "São circunstâncias que o jogo apresenta e a gente precisa estar preparado", comentou Alessandro.

FICHA TÉCNICA - SANTOS X CORINTHIANS

ESTÁDIO: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data/hora: 15/5/2011 - 16h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Auxiliares: David Botelho Barbosa e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo

SANTOS: Rafael, Jonathan, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Adriano, Elano e Alan Patrick; Neymar e Zé Eduardo. Técnico: Muricy Ramalho

CORINTHIANS: Júlio César, Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho (Ramírez), Bruno César e Jorge Henrique; Dentinho e Liedson. Técnico: Tite

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.