Santistas somam 30,8% da torcida na região, mas rival tem com 24%, além de liderar em alguns municípios

O presidente do Corinthians , Andrés Sanchez, brincou com seu colega do Santos , Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, ao dizer que 70% da população da Baixada Santista torce pela equipe de Parque São Jorge. "O problema é que se o Santos ganhar, 70% da população da região vai ficar triste", disse Sanchez, em tom provocador.

No entanto, os números da pesquisa Enfoque, realizada em outubro de 2010, em nove municípios da região, mostra que Sanchez não tem razão, já que o Santos lidera com 30,8% na preferência do morador da região. Porém, o arquirrival já soma 24% dos torcedores.

Vale lembrar ainda que o Corinthians ganha em números de torcedores em cinco cidades no duelo particular com o time da Vila Belmiro: Praia Grande (33,7% contra 22,3%), Bertioga (28,9% contra 17,8%), Peruíbe (30,0% contra 16,7%), Mongaguá (32,6% contra 16,3%) e Itanhaém (27,6% contra 17,1%).

O Santos ganha no índice geral devido o Corinthians ter mais torcedores nos municípios com menor população. O time da Vila Belmiro vence o rival nas três cidades com maior número de habitantes da Baixada Santista. Na cidade de Santos, a equipe santista tem 37,9% torcedores contra 20% do Corinthians. Os santistas também vencem em São Vicente: 37,8% contra 22,8%. Já em Guarujá 33,9% torcem para o Santos e 19,7% para o time de Parque São Jorge. Enquanto em Cubatão, Santos e Corinthians empatam com 23% dos torcedores para cada clube.

Sendo assim, o presidente do Santos, Luís Álvaro, tinha razão quando contrariou as provocações de Sanchez no evento em que foi definido os locais e as datas das finais do Campeonato Paulista, na última segunda-feira, na Federação Paulista de Futebol (FPF).

"Não, não. Isso não existe. Somos maioria absoluta e as recentes pesquisas mostram isso", disse Luís Álvaro. "Vai ser ótimo ganhar o título na Vila e ver toda a população santista na Praça da Independência fazendo a festa do título", completou.

Além de Santos e Corinthians, a pesquisa apurou que o São Paulo fica na terceira colocação, com 12,5% dos torcedores no litoral, enquanto o Palmeiras está na quarta posição, com apenas 9,2% da torcida. O número de torcedores que não escolheram um time para torcer é maior que a porcentagem dos torcedores de São Paulo e Palmeiras: 20,3% dos entrevistados disseram não torcer para nenhum time e 3,2% citaram outros times.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.