Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

“Santos do Mundial” enfrenta Vasco brigando pelo título brasileiro

Equipe santista joga completa – com Neymar e Ganso – contra cariocas desfalcados em busca do título

Samir Carvalho e Hilton Mattos, iG Esporte |

Santos e Vasco jogam neste domingo, às 17h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, com objetivos distintos. A equipe de Neymar e companhia utiliza a competição nacional apenas como treinamento para o Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, no Japão. Já o time carioca precisa somar pontos para continuar brigando com o Corinthians pelo título brasileiro.

Gazeta Press
A dupla Neymar e Ganso será reeditada no duelo contra o Vasco neste domingo, na Vila Belmiro

Apesar de apenas cumprir tabela na competição, Muricy Ramalho, que reassume o comando da equipe após 15 dias afastado para tratar da hérnia de disco, avisou que não poupará jogadores na reta final do Brasileiro. O treinador quer aproveitar as rodadas finais da competição para entrosar o time que disputará o Mundial.

Santos está em décimo e Vasco é vice-líder no Campeonato Brasileiro. Veja a tabela

Com o retorno do meia Paulo Henrique Ganso, recuperado da contusão muscular sofrida no dia 5 de setembro, o time fica perto da formação ideal para disputar o Mundial. Visando o entrosamento, o treinador dispensou o rodízio de jogadores no Brasileiro.

“Primeiro a gente tem de conversar com as pessoas que sabem medir o desgaste dos jogadores. Mas como estamos jogando só aos domingos, você percebe já nos treinos a leveza e força dos jogadores. Por isso não vou poupar”, disse Muricy, que escalará contra o Vasco, o provável time titular que jogará o Mundial.

Veja também: Real traz banqueiros ao Brasil para pagar contratação de Neymar

O time ideal de Muricy atua no mesmo esquema tático que venceu a Libertadores. O treinador escala o time com três volantes: Adriano na proteção da zaga, e Henrique e Arouca saindo pelos lados. Ganso é armador das jogadas para Neymar e Borges.

"Contra o Botafogo já voltamos a jogar como na Libertadores, com Arouca fazendo o papel de Elano e Alan Kardec o de Ganso. Estamos no caminho certo, evoluindo jogo a jogo. A recuperação está sendo no momento certo", avaliou Muricy, que já acena em manter Durval como titular na lateral-esquerda.

Entre para a Torcida Virtual de Santos e Vasco e comente sobre o jogo na Vila

"No futebol, a gente às vezes tem de olhar números. Quando precisamos, Durval entrou na lateral, perdemos o primeiro jogo, do Grêmio só por 1 a 0, e depois não fomos mais derrotados. Com ele, melhorou a marcação pela esquerda e o time ficou mais compacto", elogiou.

AFP
Juninho teme fase boa de Neymar no Santos
Vasco reconhece dificuldade de vencer o Santos de Neymar

Com 58 pontos, o Vasco tem a dura missão de vencer o Santos fora de casa e ainda torcer pelo tropeço do líder Corinthians diante do América-MG, em Uberlândia. Porém, antes mesmo de secar o principal concorrente na briga pelo título, jogadores e comissão técnica sabem o que terão pela frente. Não é apenas o fato de enfrentar a equipe de Muricy Ramalho que tira o sono cruzmaltino. A fase do Santos e o momento especial de Neymar assustam.

Durante a semana, ninguém escondeu em São Januário a preocupação com o compromisso desta tarde. E, para piorar, o time tem importantes desfalques. Os volantes Rômulo (suspenso) e Jumar (lesionado) desfalcam a equipe, assim como o meia Felipe, vetado na sexta-feira após se queixar de dores no músculo adutor da coxa esquerda.

Siga o Twitter do iG Vasco e receba notícias do time em tempo real

Assim, o técnico Cristóvão Borges terá no meio Nilton, Allan, Juninho Pernambucano e Diego Souza. Sem Felipe e Jumar, o treinador perde a força ofensiva ao revezar ambos, permitindo a Felipe emprestar sua experiência de meia e até de atacante na hora em que o Vasco avança. Cristóvão espera que Diego repita a boa atuação do primeiro turno, quando foi o destaque da partida, marcando um gol e ofuscando Neymar.

Para Juninho, o Vasco pode pagar o pato pela boa fase do atacante santista, que tem até o dia 18 – fim da votação para o melhor jogador do mundo na eleição da Fifa – para infernizar os adversários e mostrar serviço.

“Neymar está vivendo grande fase. Já ultrapassou a barreira de aos 19 anos estar entre os melhores do mundo e na minha avaliação ele vai muito longe ainda. Enfrentá-lo em qualquer circunstância é muito difícil”.

FICHA TÉCNICA - SANTOS X VASCO

Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data-Hora: 6/11/2011 - 17h (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO – Asp FIFA)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva(GO) e Cristhians Passos Sorence (GO)

SANTOS: Rafael; Danilo, Edu Dracena, Bruno Rodrigo e Durval; Adriano, Arouca, Henrique e Ganso; Neymar e Borges. Técnico: Muricy Ramalho.

VASCO: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Renato Silva e Julinho; Nilton, Fellipe Bastos, Allan (Juninho) e Diego Souza; Eder Luis e Elton. Técnico: Cristovão Borges

 


 

Leia tudo sobre: santosvasconeymargansobrasileirão 2011juninhomuricy ramalhofelipe

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG