Presidente garantiu que clube segue na luta para contar com atacante que defendeu o São Paulo nesta temporada

O vazamento da notícia de que o Santos estaria interessado na contratação do atacante Ricardo Oliveira, emprestado ao São Paulo até o final do ano pelo Al Jazira (Emirados Árabes), causou um stress desnecessário com o time árabe. Isso foi revelado pelo presidente do clube, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, durante um evento realizado na manhã desta quarta-feira, na Vila Belmiro.

Segundo o mandatário, a forte disputa, que virou pública através da imprensa, atrapalhou as negociações mantidas pelo Santos para superar o São Paulo e acertar o retorno de Ricardo Oliveira, que já vestiu a camisa santista em 2003.

"O São Paulo manifestou o interesse em continuar com o jogador e isso causou stress no clube que detém os direitos do jogador. A informação que nós temos é que os árabes estão muito resistentes em função desse vazamento. Isso acabou atrapalhando os nossos planos", afirmou Luis Álvaro.

Apesar das dificuldades atuais para contratar Ricardo Oliveira, o dirigente garantiu que o Santos segue no páreo para contar com o centroavante em 2011. "Sabemos como os árabes são. Hoje eles dizem não, mas amanhã pode ser que a resposta seja sim", comentou.

Entretanto, por conta disso, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro disse que o Santos irá passar a ser mais sigiloso no que diz respeito as conversas sobre novos reforços. "Com relação a contratações, vou seguir o sábio ensinamento do nosso diretor (de futebol), Pedro Luiz Nunes Conceição: só podemos falar quando a negociação está concluída. O vazamento de caráter especulativo causa irritação, tendo em vista que o time que aliena algum jogador tem que dar, primeiro, satisfação ao seu sócio, ao seu torcedor", encerrou.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.