Tamanho do texto

Zagueiro Tiago tentou afastar a bola, mas acabou encobrindo o goleiro e dando a classificação ao Santos

Mesmo com um futebol fraco neste início da Copa São Paulo de Juniores, o Santos contou com a sorte, nesta quarta-feira, para não ser eliminado da competição. Os santistas sofreram o empate no final do segundo tempo e contaram com um gol contra, aos 45 minutos, para vencer o São Carlos por 2 a 1 e definir sua classificação.

Entrando em campo como vice-líder do Grupo T, a equipe da Baixada Santista encerrou a primeira fase da Copinha na ponta da chave, somando sete pontos, apenas um à frente dos adversários desta quarta.

Em busca do resultado, o Santos começou melhor e logo aos 18 minutos, Cristian sofreu pênalti. Ele próprio cobrou e desperdiçou a chance de abrir o placar em São Carlos.

Já aos 34 minutos, após uma forte pressão, os santistas contaram com mais uma cobrança de pênalti. Fábio driblou o goleiro e acabou derrubado. Ele pediu para bater, mas o técnico mandou Dimba, que pegou a bola e cobrou com categoria, no canto direito: 1 a 0 para o Santos.

O jogo permaneceu o mesmo até o final do segundo tempo. Na marca dos 44 minutos da etapa final, Lucas Pereira cobrou o terceiro pênalti da partida, com categoria e arrancou o resultado que eliminaria o Santos. Entretanto, um minuto depois, o zagueiro Tiago, sozinho, tentou afastar a bola, mas acabou encobrindo o goleiro Gleny e cravando 2 a 1 e a classificação da equipe do litoral paulista.

Lance do segundo pênalti sofrido pelo Santos, que resultou no primeiro gol do jogo
AE
Lance do segundo pênalti sofrido pelo Santos, que resultou no primeiro gol do jogo