Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santos demite Adilson Batista e auxiliar assume interinamente

Empate contra o São Bernardo, sábado, definiu saída do treinador depois de reunião entre presidente e diretoria

iG São Paulo |

A diretoria do Santos demitiu neste domingo o técnico Adilson Batista. A decisão foi tomada depois de reunião entre o presidente Luís Álvaro de Oliveira e sua diretoria.

Batista estava sendo criticado por alguns torcedores de organizadas e o empate em casa contra o São Bernardo, no sábado (26 de fevereiro), acabou sendo decisivo para sua saída. Foram 11 partidas comandando o Santos, com cinco vitórias, cinco empates e apenas uma derrota, mas justamente contra o rival Corinthians, 3 a 1.

O auxiliar Marcelo Martelotte assumiu como interino e dirige a equipe contra o Cerro Porteño, pela Libertadores na quarta-feira , na Vila Belmiro. Em nota no site do clube, a diretoria agradeceu Batista por “serviços prestados e ressalta sua dignidade, lisura e caráter durante o tempo em que esteve no comando do nosso time, desejando toda a sorte em sua vida e carreira.”

Divulgação
Adilson Batista recebeu a notícia da demissão neste domingo. Auxiliar comanda equipe contra o Cerro Porteño

 

Milton Trajano
Adilson Batista comandou o Santos em 11 partidas e perdeu apenas um jogo, para o Corinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG