Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santo André lamenta ter que liberar Júlio César

O clube não poderia pagar altos salários para dois goleiros, e decidiu ficar com Neneca

Gazeta Esportiva |

Um dos destaques da campanha vice-campeã paulista do Santo André no começo do ano, o goleiro Júlio César está livre para acertar com outro clube. De acordo com o vice-presidente do Ramalhão, Romualdo Magro Júnior, o clube não poderia pagar altos salários para dois goleiros, e decidiu ficar com Neneca.

"Sempre os considerei dois goleiros de ponta. Tecnicamente no mesmo nível. Não seria coerente mantê-los juntos na mesma briga pela posição. Não iríamos prejudicá-los e também não poderíamos assumir o ônus financeiro de segurar dois atletas que ganhavam alto para deixar um deles no banco. Fomos obrigados a tomar alguma iniciativa", lamentou ao Diário do Grande ABC.

O dirigente não divulgou oficialmente o salário dos dois arqueiros, mas seus rendimentos estão em torno dos R$ 25 mil. Na próxima semana, o clube deve confirmar os dois últimos reforços da primeira lista do técnico Pintado, visando ao Campeonato Paulista e à Série C do Brasileiro ano que vem. Os nomes não foram divulgados.

Leia tudo sobre: santo andré

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG