Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Santo André faz 3 a 0 no ASA, mas continua na zona do rebaixamento

Vitória não tirou equipe do ABC do desespero e manteve alagoanos em situação intermediária

Gazeta Esportiva |

Buscando a reação na reta final da Série B, o Santo André fez seu dever de casa e bateu o ASA-AL por 3 a 0 nesta terça-feira, no estádio Bruno José Daniel. No entanto, o resultado construído graças a gols de Aloísio, Fábio Luís e Denis não tirou a equipe da zona de rebaixamento da competição nacional.

Já os alagoanos, sem grandes aspirações, continuam na zona intermediária da tabela. Na próxima rodada, o Santo André dá sequência à luta contra o Bragantino, fora de casa, e torce por uma vitória do ASA, que recebe o Vila Nova.

O jogo
As maiores aspirações da equipe da casa no torneio ficaram evidentes logo aos quatro minutos do primeiro tempo, quando Aloisio aproveitou indecisão da defesa adversária e deu um belo voleio para abrir o marcador.

Mais tranquilo, os anfitriões mantiveram a posse de bola e ainda não haviam sido ameaçados quando marcaram o segundo. Com grande colaboração da defesa alagoana, Allan teve liberdade para chegar ao fundo pela direita e cruzar para Fábio Luís, também sozinho, apenas empurrar para as redes de cabeça.

Para mudar o panorama da partida, o técnico Vica fez duas alterações no intervalo: entraram Cleiton e João Victor nas vagas de Piauí e Silvio. Mesmo assim, a equipe não conseguiu engrenar, talvez por sentir falta do artilheiro Ciel, que pediu dispensa da partida alegando problemas pessoais.

Vendo o rival chegar apenas através de poucos chutes de longe, o Santo André mudou pela primeira vez aos 29 minutos, quando Gil ganhou a vaga de Allan, um dos destaques da partida. Pouco depois, Jair Picerni promoveu a entrada do experiente Sandro Hiroshi na vaga de Fábio Luís, enquanto o ASA apostou no atacante Sylvestre no lugar de Anderson Oliveira.

Imediatamente após a terceira mudança dos visitantes, o Ramalhão deu números finais ao jogo com um lindo gol do lateral esquerdo Denis, aos 36 minutos, quando ele avançou em velocidade pela meia esquerda, passou por três adversários e tocou na saída do goleiro Jorge Miguel.

Em clima de reconciliação com o time, a torcida do Santo André aplaudiu a saída de Aloísio, que deu lugar a Altair já nos minutos finais, no último ato de Picerni.

FICHA TÉCNICA
SANTO ANDRÉ 3 x 0 ASA

Local:
Estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP)
Data: 2 de novembro de 2010, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos e Marcos Welb Rocha de Amorim (ambos da BA)
Cartões Amarelos: Toninho, Denis e Fábio Luís (Santo André); Luiz Mário (ASA)

Gols: SANTO ANDRÉ: Aloisio, aos quatro minutos do primeiro tempo, Fábio Luís, aos 26 do primeiro tempo, e Denis, aos 36 do segundo tempo.

SANTO ANDRÉ: Neneca; Toninho, Wendel e Douglas; Cicinho, Walker, Allan (Gil), Aloisio (Altair) e Denis; Richely e Fábio Luís (Sandro Hiroshi)
Técnico: Jair Picerni

ASA: Jorge Miguel; Marcos Tamandaré, Plínio, Edson Veneno e Magal; Rincón, Silvio (João Victor), Audálio e Piauí (Cleiton); Luiz Mário e Anderson Oliveira (Sylvestre).
Técnico: Vica

Leia tudo sobre: asafutebolsanto andrésérie b

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG